Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VERSÃO DE TESTES DO WINDOWS 10 COLETA DADOS DE USUÁRIOS

14/10/2014

Enquanto 1 milhão de pessoas já testa o preview técnico do Windows 10, muitas delas nem devem imaginar a quantidade de dados que a Microsoft está coletando.

Como reporta a Forbes, a política de privacidade do novo sistema da Microsoft é um tanto invasiva, já que armazena informações tais como: suas redes, seus aplicativos, seus dispositivos e o que você faz neles. Além disso, a companhia afirma coletar nomes, e-mails, preferências e interesses, histórico de navegação, pesquisa e arquivos; e ligações telefônicas e SMS.

Se você já tinha achado muito, tem mais: a Microsoft também coleta entradas de voz e texto com o objetivo de melhorar o reconhecimento de palavras.

Para completar, a empresa de Satya Nadella diz que os dados são transmitidos automaticamente em alguns recursos e que, a única forma de evitar isso, é desinstalando o Windows 10. "Muitas das ferramentas que transmitem dados para Microsoft são habilitadas automaticamente. Você pode não ter a opção de desligar a transmissão de dados para certas funções no programa. Para parar a transmissão de todos os dados, é necessário desinstalar completamente o programa de todos os seus dispositivos", afirma o documento.

A explicação mais natural para tamanha invasão de privacidade dos usuários da versão de testes do Windows é que as informações coletadas devem ser usadas para melhorar o sistema operacional. Também é positivo o fato de que a instalação do Technical Preview é totalmente voluntária, então qualquer um pode desistir de mantê-lo em seu computador a qualquer momento.

A boa notícia é que dados bancários não devem ser armazenados, contudo, um vazamento destas informações poderia representar um grande risco não só aos usuários, mas também à Microsoft.
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar