Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NVIDIA REVELA GPUS HIGH-END GTX 980 E 970 COM ARQUITETURA MAXWELL E NOVAS TECNOLOGIAS

19/09/2014

A Nvidia anunciou oficialmente suas novas placas de vídeo high-end com arquitetura Maxwell, chamadas GeForce GTX 980 e GTX 970. Com elas, o objetivo da empresa é melhorar consideravelmente a eficiência energética, mas sem deixar de lado o desempenho.

Depois de estrear a arquitetura Maxwell nas GTX 750 Ti com TDP de apenas 60W, a Nvidia segue com a filosofia de baixo consumo energético. Enquanto a GTX 980 tem TDP de 165W, a GTX 970 consome apenas 145W. Com isso, fontes de apenas 500W reais já são suficientes para alimentar um sistema com essas placas.

A Nvidia surpreendeu com os preços, revelando que a GTX 980 custará US$ 549 lá fora, US$ 70 a menos que a 780 Ti custa atualmente. Já a GTX 970 custa US$ 329, apenas US$ 30 a mais do que a GTX 770. No Brasil, a GTX 980 terá preço sugerido de R$ 2.249,00. Enquanto isso, a GTX 970 custará R$ 1.599,00.

Apesar da ênfase na eficiência energética, a Nvidia insiste que não deixou o desempenho de lado, e garante que a GTX 980 é a GPU mais rápida do mundo. Ela até possui menos CUDA Cores que as GTX 780 e 780 Ti, mas compensa isso usando os núcleos de maneira mais eficiente.

A empresa rebalanceou o projeto do Streaming Multiprocessor da arquitetura Maxwell para que os CUDA Cores fossem utilizados em sua totalidade com mais frequência. Isso não apenas melhora o desempenho com também economiza energia.

A GTX 980 de referência tem 2048 CUDA Cores, Clock Base de 1.126 MHz e Boost Clock de 1.216 MHz. O Memory Clock é de 7.000 MHz e o pico de largura de banda de memória é de 224 GB/s. Já a GTX 970 possui 1664 CUDA Cores, Clock Base de 1.050 MHz, Boost Clock de 1.178 Mhz e Memory Clock de 7.000 MHz.

  

  

  

Novas tecnologias trazem antialiasing mais leve e iluminação global dinâmica

Junto das novas placas de vídeo, a Nvidia ainda anunciou 4 tecnologias. A primeira delas é o Multi-Frame sampled AA (MFAA), que combina várias amostras de antialiasing em posições diferentes dentro de um mesmo quadro para produzir um resultado que tenha maior qualidade com melhor desempenho. De acordo com a empresa, é possível alcançar uma imagem que tenha visual equivalente a 4x MSSA, mas com custo de desempenho equivalente ao de 2x MSAA.

Outro novo recurso chama-se Dynamic Super Resolution, e serve para aqueles jogos que o PC já está rodando no máximo com sobra. Quando isso acontece, a placa de vídeo começa a renderizar o game numa resolução maior, e então é feito um downscale para a resolução do monitor do usuário. Com isso, a qualidade geral da imagem aumenta consideravelmente.

Para finalizar, a Nvidia ainda anunciou uma tecnologia de iluminação dinâmica global em tempo real, que proporciona uma iluminação mais realista. Há também um recurso pensado para dispositivos de realidade virtual, que diminui a latência até pela metade.
 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar