Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GUIA COMPLETO DO CAMPEONATO MUNDIAL DE LEAGUE OF LEGENDS

18/09/2014

O Campeonato Mundial de League of Legends começa amanhã, exatamente às 5h no horário de Brasília, com a apresentação de abertura que vai reunir as principais informações sobre a competição. Mas para quem não estiver afim de ver o show, ou não sabe nada sobre o assunto e quer passar a conhecer, esse artigo tem o objetivo de explicar o principal do evento, incluindo regras, horários e até as formações de todos os 16 times.


O que é, resumidamente, o Mundial? 

Se trata de uma competição que acontece anualmente desde a criação do game "League of Legends" pela Riot Games. A cada ano, o jogo entra em uma nova season; e, para cada season, é necessário decidir um campeão, um time que se destaque durante todo o ano, o melhor da temporada. Sendo assim, os 16 melhores times de (praticamente) todo o mundo, depois de passar por suas respectivas regionais, disputam o prêmio em dinheiro - que esse ano corresponde a US$1 milhão - e o lugar ao topo. 

Como é feito o ranqueamento das equipes? 

Cada Mundial têm suas regras, uma vez que o MOBA se expande cada vez mais pelo mundo. Nessa edição de 2014, participarão 16 equipes, que foram classificadas por "Potes" de acordo com as suas campanhas durante as regionais. Como a imagem acima mostra, entram no campeonato: três equipes da América do Norte, três equipes da Europa, três equipes da Coréia do Sul, três equipes da China, duas equipes do Sudeste Asiático e as duas equipes que vencerem os WildCards*.

Decididas as 16 equipes, há, então, um sorteio aleatório para separá-las em quatro grupos, sendo que, no mesmo grupo, não poderá haver duas equipes da mesma região. Exemplo: a primeira colocada da América do Norte não pode estar no mesmo grupo que a terceira colocada. Os dois melhores colocados do grupo passam para a fase seguinte: as quartas-de-final, quando começa o mata-mata no confronto direto, até que sobrem apenas dois times, que se enfrentarão em uma melhor de cinco para definir o campeão da temporada. 


Tabela à partir da segunda fase do Mundial

*WildCards: disputa entre os melhores times de várias regiões por uma vaga no Mundial. Esse ano, houveram os WC da América Latina/Brasil e da Turquia/Oceania/Rússia.


Grupo A: AHQ E-Sports Club, Dark Passage, Samsung White, Edward Gaming

Com o melhor time chinês, e um dos melhores times coreanos, a AHQ E-Sports Club e a Dark Passage não estão com sorte; mas como seus estilos de jogo não são tão conhecidos, pode ser que haja surpresas. Mas, se formos pelas estatísticas, Edward Gaming conseguirá a primeira colocação do grupo e a Samsung White também deve se classificar para as quartas-de-final. 
 
 

Formada em 2012, a equipe taiwanesa AHQ E-Sports participa pela primeira vez do campeonato, mesmo tendo um bom histórico de partidas (incluindo inúmeras vitórias em cima da rival Taipei Assassins). Seu melhor jogador é o midlaner "westdoor", com um estilo de jogo bem agressivo, sendo até considerado como um "segundo ganker". 

Uma das grandes surpresas do campeonato, a equipe Edward Gaming foi criada nesse ano e já conquistou grandes vitórias, incluindo o primeiro lugar das regionais chinesas, sendo a única equipe da região a se classificar automaticamente. Foco para o ADC "NaMei", que tem um jogo seguro mas, ao mesmo tempo, extremamente agressivo.

Dark Passage é uma das duas equipes classificadas por meio de WildCards. E, como ninguém está acreditando em suas forças, pode surpreender. A equipe turca participa pela primeira vez do campeonato, mesmo sendo um grande nome em sua região. Seu integrante mais famoso é o top laner "fabFabulous", que vai contra o metagame (que seria as "escolhas certas") usando Irelia e Nidalee em plena quarta temporada.

"Uma das equipes coreanas, uma das equipes favoritas"? Mais ou menos assim, mesmo. Por mais que a Samsung Blue tenha mais força, a Samsung White não fica para trás: graças a ela, os campeões da temporada passada - a SK Telecom T1 - não estão no Mundial. Destaque para o estratégico jungler DanDy, que comanda as decisões de todo o time.
 
Grupo B: Star Horn Royal Club, Taipei Assassins, SK Gaming, Team SoloMid

O grupo com as melhores equipes em Team Fights talvez seja o mais imprevisível: todos eles, além de buscarem o título, também estarão tendo a chance de provar sua força. A Star Horn Royal Club quer mostrar que é um time melhor do que aquele que perdeu a final do Mundial passado, a Taipei Assassins não quer ser taxada como "a campeã da segunda temporada que não joga mais", a TSM pretende calar a boca das pessoas que falam que ela só está em primeio lugar da América do Norte por sorte e a SK Gaming... a SK Gaming quer mostrar que joga.

Uma das equipes mais agressivas da competição, a chinesa Star Horn Royal Club nasceu da antiga Royal Club, vice-campeã do Mundial do ano passado. Além de carregar o espírito de vingança, é carregada também (ba dum ts) por um dos maiores ADCs de todo o mundo: Uzi.

Provavelmente a equipe mais fraca de todo o grupo, a SK Gaming sofreu várias mudanças durante a quarta temporada. A principal delas foi perder o mid laner Ocelote. Mas, mesmo assim, parece estar tendo um bom resultado, tendo se classificado em terceiro lugar da Europa. Seu melhor jogador atualmente é seu mid laner "Jesiz". Resta agora saber se ele vai fazer melhor do que seu antecessor.

Após três regionais atrás da Cloud9, a Team SoloMid - ou TSM - voltou ao topo da América do Norte. Com um time fechado e bem organizado, estão em sua melhor forma desde a sua criação em 2011. Entre os integrantes, o que mais se destaca é o exportado "Bjergsen", que é um mid laner quase que imparável.
 

Os campeões da segunda temporada sumiram do cenário mundial assim como apareceram: de repente. Porém, depois de não se classificar para o Mundial do ano passado, a Taipei Assassins sofreu algumas mudanças e agora parece estar mais preparada para outro campeonato. O seu melhor jogador é o novato "Winds", que se mostrou um jungler melhor do que o antigo "DinTer". 


Grupo C: Fnatic, Samsung Blue, OMG e LMQ

Grupo da morte? Com Fnatic (a campeã da primeira temporada e de três EU LCS), LMQ (atual campeã da NA LCS), OMG (venceu duas vezes a LPL) e a Samsung Blue (atual campeã do OGN Championship e a preferida para vencer o Mundial), é normal que caracterizem o grupo desse jeito. Além disso, jogadores excelentes como Dade, Yellowstar e XiaoWeiXiao são integrantes do grupo. Provavelmente as melhores partidas da fase de grupos.

Depois do título no primeiro Campeonato Mundial, a Fnatic nunca deixou de ser uma grande equipe, tanto da Europa, quanto do mundo. Porém, sua fama ficou abalada depois de perder para a Alliance e se contentar com o segundo lugar de sua região. Mas nada que o MVP europeu "Rekkles" não consiga resolver no mundial.
 
Rekkles" não consiga resolver no mundial.

Eu nem sabia que valia isso: formada na China, a LMQ passou para a região da América do Norte para tentar se destacar. E o "pior" é que deu certo. Conseguiram um suado terceiro lugar nas regionais em cima da Curse e agora disputam o seu primeiro mundial. Seu melhor integrante é, claro, o mid laner "XiaoWeiXiao", MVP atual da região.

Depois de um bom campeonato na terceira temporada, a OMG quase ficou fora do mundial: perdeu para a Edward Gaming e para a Star Horn Royal Club e acabaram passando em terceiro lugar da China. Seu destaque é o mid laner "Cool", que já carregou o time sozinho várias vezes. 

O melhor time da Coréia. Ponto. Todos jogam muito bem, mas "dade" é quem comanda quase que todas as vitórias. 


Grupo D: Alliance, Cloud9, KaBuM! e-Sports e Najin White Shield 

Com Najin White Shield e Cloud 9, vai ser difícil para a Alliance e, principalmente, para a KaBuM! e-Sports conseguirem passar para a próxima fase. Considerado por muitos o grupo mais fácil do Mundial, só poderão vir surpresas se a Alliance jogar muito bem e se o Minerva carregar o seu time.

A KaBuM! e-Sports é a primeira equipe brasileira a disputar um Mundial, logo, vai sem nenhuma experiência internacional. Sua vitória arrasadora em cima da PEX Gaming mostra que a equipe não pode ser subestimada. "Minerva" pode ser considerado o melhor jogador do time. Se ele jogar bem e o time acompanhar, poderemos torcer pelo Brasil na segunda fase do Mundial.


Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar