Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FACEBOOK MANTÉM NO AR VÍDEO DE GATO SENDO INCENDIADO E REVOLTA USUÁRIOS

09/09/2014

O Facebook recusou-se a remover um vídeo que mostra um filhote de gato sendo incendiado depois de ser molhado com gasolina. Segundo a rede social, o conteúdo "não fere nenhuma de suas regras de comunidade", mas usuários reclamaram sobre a exibição da cena violenta.

No vídeo de dois minutos, dois homens não identificados aparecem torturando o filhote, que é colocado dentro de um pequeno balde no qual é encharcado com o líquido inflamável. Na sequência, eles incendeiam o animal.

Originalmente, o post em espanhol diz: "Triste, ninguém tem coração para ver a dor originada da crueldade humana. Veja apenas se você tem coração forte." Não é possível precisar se o vídeo é atual ou antigo.

Segundo o "Daily Mail", mais de 14 mil usuários da rede social publicaram comentários no post que mostra o gato sendo maltratado. A grande maioria dos comentários repudia a prática e pede a remoção do vídeo. 

Veja Álbum de fotos

Kieran Dunwel, 23, morador da cidade britânica de Tilbury, disse que tentou denunciar o conteúdo, mas seis horas depois o Facebook teria respondido que o vídeo não violava os "padrões de comunidade". "Isso me deixou enojado e com raiva", disse ao "Daily Mail".

Um porta-voz do Facebook confirmou ao "Daily Mail" a decisão de manter o conteúdo na rede social, como forma de os usuários condenarem a violência mostrada e chamar a atenção para o problema da crueldade contra animais.

"Pessoas vêm ao Facebook para compartilhar suas experiências no mundo e, em algumas ocasiões, isso pode resultar em conteúdo que elas possam considerar perturbador", informou.

"Embora conteúdos que encorajem violência não sejam permitidos, tentamos criar um ambiente balanceado para que as pessoas se expressem e, em alguns casos, condenem o que vejam", completou.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar