Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COMPRA DA GVT PELA TELEFÔNICA PODE LEVAR ATÉ TRÊS MESES

01/09/2014

 

A Telefónica estima que a operação e a integração da GVT com negócios no Brasil será rentável desde o primeiro dia, em um acordo que proporcionará sinergias de 4,7 bilhões de euros e melhorará em 50 pontos base o crescimento do resultado operacional da controladora até 2016.

Do total esperado de sinergias, 3,2 bilhões de euros virão de menores gastos e investimentos e o restante de melhoras fiscais e economias financeiras. A transação colocará a subsidiária brasileira da empresa espanhola como o principal operador integrado com a maior quota de mercado em termos de receitas e número de acessos no mercado brasileiro.

Nesta quinta-feira, 28/08, o grupo de mídia francês Vivendi anunciou ter entrado em negociações exclusivas com a Telefónica para a venda da GVT no Brasil, escolhendo a oferta da empresa espanhola em detrimento da apresentada pela Telecom Italia. A oferta da Telefónica valoriza a empresa em 7,45 bilhões de euros, dos quais 4,66 bilhões são em dinheiro e o restante ao equivalente de 12 por cento das ações da empresa combinada.

A Vivendi pode substituir 4,5% das ações da nova empresa por ações ordinárias da Telecom Italia equivalentes a 8,3% dos direitos de voto na italiana. Em comunicado enviado à CVM nesta sexta-feira, 29/08, a Telefônica Brasil comunica que a negociação entre as partes pode levar até três meses.A expectativa é que o negócio - fechado - só venha a acontecer no começo de 2015.

 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar