Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FACEBOOK VAI ACABAR COM A FARRA DAS “ISCAS DE CLIQUES”

27/08/2014

Todo mundo já caiu em um link destes e clicou: “descubra agora o que essa menina é capaz de fazer”, “dona de casa faz descoberta impressionante” ou “você não vai acreditar em…”. Na maioria das vezes a expectativa gerada não faz jus ao conteúdo e você fica se pensando porque não conseguiu resistir e clicou assim mesmo.

Não se preocupe: o Facebook vai acabar com esta farra de links malandros.

Apelidados de clickbaits (“iscas de clique”, em bom Português), estes links são uma das armas secretas usadas por produtores de conteúdo e marqueteiros e se espalharam pelas redes sociais como fogo no mato. O objetivo é, claro, angariar o clique e gerar receita no site através de propaganda.

Mas há um efeito colateral nos clickbaits que afeta diretamente o próprio Facebook: cada clique gerava engajamento no algoritmo que gerencia o feed de notícias da rede social e o Facebook calculava quantos cliques ou curtidas um link recebia antes de decidir se ele iria aparecer ou não na página do seu usuário. Quanto mais cliques, maiores as chances do conteúdo aparecer, gerando mais cliques e alimentando o ciclo com conteúdo que não é necessariamente relevante.

Segundo uma pesquisa realizada pelo próprio Facebook, 80% dos seus usuários gostariam de ver uma chamada que fosse mais clara sobre o que os aguarda depois do clique, para avaliar se vale mesmo a visita. Então, a empresa resolveu tomar uma atitude.

A partir de ontem, o Facebook passará a medir o engajamento dos usuários com links de uma outra forma. Será medido o tempo que o usuário passar fora do Facebook depois de clicar no link e haverá um comparativo entre o número de cliques e o número de curtidas e compartilhamento. Se o usuário passa pouquíssimo tempo no site depois de clicar e já retorna para a rede social ou se é link é muito clicado, mas poucos curtem, então a postagem será classificada como clickbait, será penalizada pelo sistema e terá seu alcance reduzido.

compartilhamento-de-links

Mudanças no peso do compartilhamento de links

Outra novidade implementada pelo Facebook é a ênfase que passará a ser dada para links que são publicados com o compartilhamento de links, em detrimento às atualizações de status que contém link ou imagens simples com link na legenda. A partir da mudança, será recomendável que links sejam compartilhados desta forma, uma vez que o alcance dos outros formatos será diminuído. O Facebook explica que “em nossos estudos, estas postagens receberam o dobro de cliques comparadas com links embutidos em legendas de fotos”.
 
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar