Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROMESSA DA AMD PARA ULTRAPORTÁTEIS, APU MULLINS CHEGA AO MERCADO COM O HP PAVILLION 10Z

26/07/2014

 
 

Considerada uma das grandes promessas da AMD para o segmento dos ultraportáteis (com promessa de incremento de até 35% sobre o desempenho da atual geração Temash, além da redução no consumo de energia em quase 50%), a unidade de processamento acelerado (termo que congrega em um único encapsulamento, CPU e GPU) Mullins finalmente começa a chegar ao mercado. Uma das primeiras companhias a largar na frente foi a HP com o Pavillion 10z.

Apesar de ter como foco prioritário os NanoPCs e tablets, a Hewlett-Packard colocou o Mullins como "cérebro" de um laptop (embora o termo mais correto seja chamar o equipamento de netbook).

O Pavillion 10z possui tela de 10,1 polegadas (resolução de 1366 x 768 pixels), sendo equipado com o modelo E1 Micro-6200T do Mullins (CPU dual core de 1.4Ghz baseada na arquitetura Puma), com GPU integrada Radeon R2 trabalhando em 300Mhz, 2GB de RAM, HD de 500GB, uma porta USB 3.0 e outra USB 2.0, além de conexões HDMI e Ethernet, bem como  sistema operacional Windows 8.1. Com bateria de apenas 24 Whr, a autonomia do equipamento é de menos de 5 horas. Pesando 900 gramas e com 2,26 cm de espessura, o preço sugerido pela HP é de US$ 250.

Em janeiro durante a CES 2014, a AMD revelou um protótipo de nanoPC equipado com a APU Mullins e Windows 8.1, onde este rodava de forma bem fluída o FIFA 14 em fullHD (1080p).

Vale ressaltar que em sua plenitude, o Mullins é composto por até 4 núcleos de processamento x86, contando com GPU Radeons com unidades computacionais gráficas Graphic Core Next, além de um chip SoC adicional Cortex-A5 da ARM com tecnologia TrustZone, para lidar com as questões relativas à segurança. A dissipação térmica SDP é de 2W, equivalente a um TDP de 4,5W.
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar