Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CAMPUS PARTY RECIFE TEM “UFC DE ROBÔS”

26/07/2014

 

Assim como na luta entre humanos, a competição conta com ringue, apresentador e regras (Foto:  reprodução vídeo)
 
 
 

Em uma arena de acrílico, os robôs entram em confronto até um ser aniquilado. A torcida vibra a cada parafuso ou placa destruída. Quando uma das máquinas não apresenta mais nenhum movimento, o apresentador inicia a contagem regressiva de dez segundos. Ao vencedor da luta, o prêmio são os gritos e aplausos da torcida. Montada no hall do Centro de Convenções de Pernambuco, a Arena de Combate de Robôs é uma das atrações mais divertidas da Campus Party Recife 2014, que segue até este sábado (26).

Esta é a primeira vez que acontece luta entre robôs na CPRecife. O espaço é promovido através de uma parceria entre o C.e.s.a.r e a empresa de desenvolvimento colaborativo Robolivre.org. Já as máquinas são construídas pelos grupos de robótica das universidades de Pernambuco e Federal de Pernambuco.

Assim como na luta entre humanos, a competição conta com ringue, apresentador e regras. O vencedor pode ser definido por pontos ou nocaute. As categorias são definidas pelo peso. No Recife, apenas robôs de 1,5 kg entram no ringue quadrado de 2×2 metros. Mas, em outras competições realizadas no País, como Ultimate Robot Combat (URC), robôs de até 55 kg se enfrentam em arenas de 9×9 metros. Nos Estados Unidos, as máquinas chegam a pesar até 100 quilos.

Em relação às regras, é proibido utilizar lançamentos de projéteis que podem colocar em risco os espectadores ou equipamentos eletromagnéticos que provoquem interferência nos adversários. Fora isso, tudo está liberado, incluindo o uso de chamas de fogo ou lâminas. Quanto mais destruição no “UFC das máquinas”, melhor.
 
 
 
Fonte: Ne10

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar