Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT CRIA PROJETO DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E DESAFIA GOOGLE

16/07/2014

Uma das áreas de maior interesse para empresas de tecnologia é inteligência artificial, principalmente o aprendizado profundo, que tenta emular o funcionamento do cérebro humano. Agora a Microsoft entrou no jogo com o pé na porta, revelando o Project Adam, que diz ser até 50 vezes mais potente do que o serviço equivalente do Google, utilizando 30 vezes menos máquinas para tal.

O foco do Adam, no momento é o reconhecimento visual, que é um dos princípios da inteligência artificial verdadeira. Por meio de um banco de informações vastos, o sistema da Microsoft é capaz de reconhecer detalhes em fotos. O exemplo dado pela própria empresa é que o Adam seria capaz de não só reconhecer raças diferentes de cães, mas distinguir sub-espécies diferentes dentro da mesma raça.

A companhia imagina um futuro onde isso possa ser usado como parte integral do cotidiano. A Microsoft cita como exemplo a possibilidade de reconhecer alguma comida pela câmera do celular e mostrar imediatamente seu valor nutritivo, ou então analisar uma possível mancha na pele para saber se realmente se trata de alguma coisa mais séria. Pessoas cegas ou com pouca visão também poderiam se beneficiar disso, para realizar tarefas que antes eram muito difíceis ou até mesmo impossíveis.

Você pode conferir um pouco mais no vídeo abaixo (em inglês):

 Para isso, até o momento, a Microsoft usa um banco de 14 milhões de imagens divididas entre 22 mil categorias. O tamanho desse banco de dados permite o aprendizado da máquina para estabelecimento de relações entre dados, parecido com o que acontece com o cérebro humano.

Assim, a rede neural se desenvolve, permitindo ao computador reconhecer padrões e criar seus próprios filtros para organizar novas imagens. Quando um conteúdo novo é adicionado ao banco, o Adam sabe como categorizá-los e identificá-los usando as ligações já conhecidas. Com isso, o sistema também vai crescendo sozinho, com novos níveis de detalhe.

O próximo passo do Adam no caminho de uma inteligência artificial completa é o reconhecimento de voz e processamento de texto.

Por enquanto, o Adam ainda está em fase de desenvolvimento e não existe previsão de como a tecnologia será aplicada em serviços ou aplicativos, mas não é difícil imaginar como a Microsoft poderia usá-lo para melhorar o Bing ou a assistente Cortana, do Windows Phone 8.1.
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar