Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CINEMAS DO REINO UNIDO BANEM O USO DE GOOGLE GLASSES NAS SESSÕES

01/07/2014

 
 

Na semana passada o Google abriu as vendas de seu novo Google Glass para o Reino Unido, marcando o primeiro lançamento do produto fora dos Estados Unidos. Enquanto alguns setores abraçaram o uso dos óculos, como foi o caso da Virgin Atlantic Airlines, cinemas e restaurantes começaram a baní-lo de seus estabelecimentos.

Mesmo que o Google Glass tenha sido considerado um dos piores dispositivos para gravar um filme - ele consegue capturar apenas 45 minutos -, a Associação dos Exibidores de Cinema do Reino Unido, que reúne 90% dos operadores de cinema da região, decidiu que os usuários terão que remover o gadget assim que as luzes se apagarem. 

Além do tempo pequeno de gravação, o óculos possui uma memória insuficiente para armazenar um filme inteiro, o microfone e o sensor não foram feitos para essa operação e, provavelmente, nenhum ser humano consegue deixar a cabeça imóvel durante toda a sessão.

Porém, segundo o repórter da Neowin Andy Weir, os cinemas podem estar se preparando para o futuro do gadget e se antecipando para as futuras melhorias do dispositivo - e de outros que provavelmente aparecerão. Também é provável que "isso seja uma forma de acostumar os usuários à ideia de que esses dispositivos serão banidos mais cedo ou mais tarde".

A versão de explorador do Google Glass começou a ser vendida nos Estados Unidos em maio por cerca de $1.500,00 e hoje está com o preço de £1.000,00 no Reino Unido.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar