Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO EXOESQUELETO MOTORIZADO SERÁ VENDIDO NOS ESTADOS UNIDOS

30/06/2014

 

O exoesqueleto permite que os usuários fiquem em pé, caminhem e até subam escadas. (Foto: Divulgação/Argo Medical Technologies)
 
 

O exoesqueleto motorizado (ReWalk) utilizado por Claire Lomas, durante sua histórica caminhada, em breve estará disponível para venda nos Estados Unidos. A medida foi autorizada pela US Food and Drug Administration (FDA).

Feito para auxiliar pessoas que sofreram danos na coluna, o exoesqueleto permite a quem o estiver usando ficar em pé, caminhar e subir escadas com assistência limitada. “Juntamente com a fisioterapia, treinamento e com a ajuda de um cuidador, essas pessoas poderão estar aptas a utilizar esse equipamento para voltar a andar em suas casas e em suas comunidades”, afirmou o diretor de Avaliação de Dispositivos da FDA em depoimento, Christy Foreman.

Antes de emitir a sua aprovação, a agência governamental submeteu o ReWalk ao seu novo processo de classificação. Além disso, o FDA revisou a durabilidade, o hardware, o software e o sistema de baterias do ReWalk, juntamente com os dados clínicos de 30 participantes. O exoesqueleto motorizado custa, em média, U$ 70.000, de acordo com o seu preço na Europa, onde ele já está disponível.

Experimento demorou dois anos até esta fase. (Foto: Reprodução/FIFA).

A Copa do Mundo serviu de palco para primeiro passo com o exoesqueleto desenvolvido por Nicolelis. (Foto: Reprodução/FIFA).

Brasileiro – Durante a cerimônia de abertura da Copa do Mundo, o chute inaugural foi dado pelo jovem paraplérgico Juliano Pinto, de 29 anos, vestindo um exoesqueleto robótico. O dispositivo foi desenvolvido pelo neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, responsável pelo projeto Andar de Novo. O exoesqueleto foi bastante aguardado por mais de dois anos e teve financiamento da Finep, no valor de R$ 33 milhões.
 
 
 
 
 
Fonte: Ne10
 
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar