Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RECURSO QUE TRAVA IPHONES ROUBADOS AJUDA A REDUZIR FURTOS, DIZEM POLÍCIAS

20/06/2014

As polícias de Londres (Reino Unido), Nova York e San Francisco (EUA) disseram que a ferramenta antirroubo lançada no iOS 7 (sistema operacional de portáteis da Apple) tem ajudado a reduzir o número de furtos de smartphones da marca norte-americana, que é muito popular na Europa e no mercado norte-americano. As informações são do jornal "The New York Times".

Com o recurso antirroubo da Apple, conhecido como activation lock, o usuário pode bloquear seu smartphone roubado remotamente. O gadget só volta a funcionar, após o dono do aparelho digitar uma senha personalizada.

Em Nova York, o roubo de aparelhos da Apple reduziu em 19%, e os crimes de latrocínio envolvendo os gadgets da empresa da maçã caíram 29% nos primeiros cinco meses de 2014, comparado com o mesmo período de 2013.

Em San Francisco, a redução de roubos de iPhones chegou a 38%, enquanto em Londres, a porcentagem foi de 29%. Em ambos os casos foram comparados os seis primeiros meses de 2014 com o mesmo período do ano passado.

"A introdução dessas ferramentas antirroubo tem tido um claro efeito na redução de crimes envolvendo smartphones. Se esses dispositivos podem ser desativados da mesma forma como já ocorre com os cartões de crédito, eles passam a ser o equivalente a um peso de papel [para os ladrões]", disse Eric T. Schneiderman, procurador-geral de Nova York.

Além da ferramenta, as polícias dessas cidades afirmaram que o incentivo à configuração de uma senha para o acesso ao telefone também ajudou na redução de roubos. Sem um código de acesso, fica mais difícil para o criminoso navegar no aparelho para apagar os dados e, em seguida, revendê-lo.

George Gascón, procurador-geral de San Francisco, espera que todas as fabricantes incluam ferramentas antirroubo por padrão e que as fabricantes ensinem os usuários a utiliza-la. "A maioria dos consumidores não têm conhecimento técnico suficiente para fazer isso", disse.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar