Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FIFA PROÍBE TORCEDORES NOS ESTÁDIOS DE POSTAR FOTO, VÍDEO OU MESMO COMENTAR SOBRE JOGOS NA INTERNET

12/06/2014

Lembram dos 13TB de dados que seriam gerados na final da Copa do Mundo pelos próprios torcedores? Se depender da FIFA, nem um Kb de informação vai sair dos estádios durante a competição.

Segundo o Código de Conduta publicado pela entidade e obrigatório para todos que compraram ingressos para assistir, está rigorosamente proibido postar fotos ou vídeos de qualquer partida na Internet e até mesmo publicar o resultado ou o andamento do jogo.

Fazer selfie no estádio e subir para o Facebook? Proibido. Filmar aquele lance fantástico e postar no YouTube? Proibido. Fotografar o campo e publicar no Instagram? Proibido. Comentar no Twitter que o juiz errou naquele impedimento? Proibido.

A regra é clara:

Os detentores de Ingresso não poderão gravar ou transmitir qualquer som, imagem estática ou em movimento ou descrição da Partida (ou de qualquer resultado, informação ou estatística da Partida) salvo para uso privado. É estritamente vedada a disseminação de qualquer som, imagem estática ou em movimento, descrição, informação, resultado ou estatística da Partida, no todo ou em parte, para qualquer tipo de acesso público, independentemente da forma de transmissão, seja via internet, radio (sic), televisão, telefone celular, qualquer equipamento de transmissão de informações, ou qualquer outra mídia existente ou que venha a ser inventada. Os detentores de Ingresso não poderão auxiliar outras pessoas na prática de tais atividades.”

Também está proibidos “computadores pessoais e outros dispositivos (incluindo, por exemplo, laptops ou PC tablets) usados para os fins de transmissão ou disseminação de sons, imagens, descrições ou resultados dos eventos pela internet ou outros meios“.

Não há qualquer menção à penalidade que será imposta aos infratores ou como acontecerá essa fiscalização. Entretanto, em pelo menos metade dos estádios onde acontecerão os torneios, a regra poderá ser seguida à risca. Mas o motivo é outro: seis das 12 arenas não possuem rede wi-fi própria.
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar