Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

“RESET THE NET”, UMA CAMPANHA CONTRA A VIGILÂNCIA EM MASSA NA INTERNET

08/05/2014

Talvez você se lembre que, em 2012, diversos sites pela internet ficaram fora do ar durante um dia para protestar contra a SOPA, projeto de lei anti-pirataria que estava para ser votada no Congresso dos EUA. Agora empresas de internet se uniram novamente para uma campanha conjunta, desta vez para “reiniciar a internet”.

A campanha Reset the Net prepara a ação para o dia 5 de junho. Nesta data, sites e apps móveis deverão trocar a página inicial por uma splash screen azul com o nome da campanha. Reiniciar a internet, diz o Fight for the Future, a organização por trás da ação, significa lutar contra a espionagem em massa na internet como a da NSA.

A data escolhida não foi por acaso, dia 5 de junho completa um ano que os vazamentos de Edward Snowden começaram a ser divulgados e, portanto, um ano que o mundo sabe que governos espionam em massa o que fazemos na internet.

Além de substituir páginas iniciais pela internet, o Reset the Net também está distribuindo um pacote de privacidade com ferramentas gratuitas como Redphone (para chamadas telefônicas e mensagens de texto criptografadas), GPG (para email criptografado) e Pidgin (para mensagens instantâneas criptografadas).

Até o momento, a adesão ao Reset the Net está bem mais modesta do o protesto contra a SOPA e PIPA, quando gigantes como Google e Twitter se posicionaram contra os projetos. Desta vez, temos nomes DuckDuckGo, Imgur e Reddit, entre outros – são serviços populares, mas não tão poderosos como um Google.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar