Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PEÇAS DO GOOGLE GLASS CUSTAM APENAS US$ 80, DIZ RELATÓRIO

02/05/2014

O Google Glass ainda não chegou à sua versão final. O produto é restrito aos “Explorers”, que pagam o valor de US$ 1,5 mil para poder testá-lo e oferecer feedback ao Google e desenvolver seus. O que é incrível, no entanto, é a diferença entre o custo das peças e o valor de venda dos óculos: a montagem do dispositivo custa US$ 80, cerca de 5% do valor final.

Isso segundo um relatório da TechInsights, que desmontou o Glass para analisar como ele é por dentro. A constatação é que a parte mais cara do aparelho é um processador da Texas Instruments, no valor de US$ 13,96.

Sua tela custa apenas US$ 3, enquanto a câmera é um pouco mais cara, no valor de US$ 5,66. Os 16 GB de armazenamento da Toshiba somam US$ 8,18 ao valor final. Somando todas outras peças menos representativas, o valor final, sem arredondamentos é de US$ 79,78.

Reprodução

A empresa, que gerencia o site Teardown.com diz que, por enquanto, esta ainda é uma estimativa um pouco bruta. Uma inspeção mais profunda será feita e o resultado será divulgado em breve. É provável que o valor mude, mas não muito.

Claro, o valor do hardware não é só o que conta no Glass. Há todo um trabalho de pesquisa nos laboratórios do Google X, que custa muito dinheiro. Também existem custos de design e distribuição, além da própria produção que não é simples, e o fato de sua fabricação ainda ser bastante limitada amplia o custo ainda mais. No fim das contas, mesmo gastando pouco nas peças o trabalho envolvido custa muito mais que os US$ 80.

O Google, no entanto, afirma que o valor está incorreto e se recusa a fazer mais comentários.A empresa já afirmou que quando ele for realmente lançado para o consumidor comum, ele passará por uma redução de preço.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar