Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CIBERCRIMINOSOS DESISTEM DE IPHONES PARA FOCAR NO ANDROID

01/05/2014

Nos últimos três meses, mais de 99% das ameaças de malwares móveis se concentraram exclusivamente no Android. Neste ano, a empresa finlandesa de segurança digital F-Secure detectou 277 famílias de ameaças de arquivos maliciosos voltados para dispositivos móveis. Desses, 275 eram destinados ao Android, um ao iPhone e o restante para o Symbian, da Nokia.

O sistema operacional do Google tem sido o principal alvo de ataques há algum tempo. No mesmo período de 2013, a pesquisa revelou um percentual de 91% no total de ameaças aos aparelhos móveis. Somente no ano passado, o número de apps maliciosos voltados para o SO cresceu 486%, fato que pode ser explicado pelo aumento no número de aparelhos que rodam o sistema adquiridos em todo o mundo.

Segundo F-Secure, os cibercriminosos teriam desistido de violar as rígidas medidas de segurança da Apple. O único malware detectado para iOS pela empresa foi escrito com foco em aparelhos desbloqueados com o famoso jailbreak, que representam um número baixo no total de iPhones.

A pesquisa revela também que o nível de complexidade e sofisticação dos apps cresceu. Foi encontrado, por exemplo, o primeiro app que utiliza os dispositivos para mineração de moedas virtuais, como bitcoin, além de trojans bancários. Segundo Mikko Hyppönen, diretor da área de pesquisas da companhia, essas descobertas são extremamente importantes porque indicam o caminho pelo qual os criminosos estão seguindo. “Os aparelhos estão ficando cada vez mais poderosos, o que torna viável que cibercriminosos os utilizem para mineração de dados”.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar