Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DESCOBERTO NOVO PLANETA-ANÃO NOS CONFINS DO SISTEMA SOLAR

27/03/2014

Um novo planeta-anão acaba de ser descoberto em nosso sistema solar, além dos limites de Plutão. Chamado atualmente de 2012 VP113, ele é o objeto mais distante do sol já encontrado até hoje.

O planeta-anão tem cerca de 450 quilômetros de diâmetro, o que dá um sétimo do diâmetro da Lua. Apesar de não ser o primeiro a ser encontrado nos confins do sistema solar, sua descoberta está ajudando os cientistas a redefinirem a compreensão do espaço atualmente.

Para entender melhor é necessário explicar como os cientistas dividem o sistema solar atualmente: temos os planetas rochosos (como a Terra e Marte), os gigantes gasosos (Júpiter e Saturno) e o cinturão de Kuiper, um aglomerado de objetos congelados que inclui Plutão. Além desse limite existia apenas um astro conhecido em órbita do sistema solar, Sedna, que foi descoberto em 2003.

Menor que Plutão, Sedna era o único de um tipo de corpo celeste que existia nos confins de nosso sistema solar. Agora, com a descoberta de 2012 VP113 fica claro que diversos outros corpos – com tamanhos que podem ser bem maiores – podem habitar uma zona que é apenas hipotética, chamada de nuvem de Oort inferior, que é de onde os cientistas acreditam partirem os cometas.

2012 VP113 está tão distante do Sol que é equivalente à 50 vezes a distância da Terra ao Sol. “A procura de objectos distantes da nuvem de Oort interior, situados para além de Sedna e de 2012 VP113, deve continuar, porque poderiam revelar-nos muitas coisas sobre a formação e a evolução do nosso sistema solar”, disse Scott Sheppard, da Instituição Carnegie (EUA).
 
 
 
Fonte: Ne10

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar