Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LEXMARK APREENDEU 5,3 MIL TONNERS E CARTUCHOS FALSIFICADOS NO BRASIL

21/03/2014

No combate à pirataria de toners no Brasil, a Lexmark informa que, em 2013, o LexProtect, um serviço de atendimento criado especificamente para que clientes, revendas e parceiros denunciem suspeitas de produtos falsos, recebeu 210 denúncias, que resultaram em 23 processos judiciais. Esse recurso, aliado a outros esforços, permitiram que fossem apreendidos no ano passado 5,3 mil toners e cartuchos falsificados da marca, estimados em R$ 3 milhões, uma queda de 3% em relação a 2011. “Os criminosos recarregam as carcaças de nossos cartuchos com pó de toner de qualidade inferior, forjam embalagens, adesivos e comercializam os produtos como se fossem novos e originais”, explica Aimberê Maciel, diretor de canais e suprimentos da Lexmark.

Ele acrescenta que a maior parte das denúncias recebidas pelo LexProtect é proveniente de órgãos governamentais. “Ajudamos, por exemplo, a desmantelar quadrilhas que atuavam com empresas de fachada para participar de licitações públicas para a aquisição de produtos de informática”, destaca o executivo. Ano a ano, o LexProtect tem efetivamente contribuído para reduzir o número de produtos falsificados que entram no mercado. Prova disso é que, em 2009, dos produtos analisados, 31% eram falsos; em 2010, esse número caiu para 25%; em 2011, para 21%; em 2012, para 18% e, no ano passado, o percentual foi de 15%.

Outra iniciativa da Lexmark foi a definição de um contrato de licença de exclusividade entre a matriz da companhia e a subsidiária brasileira para importação e distribuição de seus produtos no Brasil, averbado junto ao INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Desta forma, a empresa também vem combatendo os crimes de contrabando e subfaturamento, praticados com o objetivo de não recolher os impostos devidos e obter vantagem competitiva desleal. Entre as fraudes, está a importação de produtos com declaração de valores reduzidos ou classificados erroneamente.

Quando suspeitar que adquiriu um suprimento falsificado ou contrabandeado da Lexmark, o cliente deve contatar o LexProtect pelo telefone 0800-702-5352 ou então acessar o site http://www.lexmark.com/pt_BR/products/brand-protection/lexprotect.shtml, no qual encontrará um aplicativo gratuito que verifica online a autenticidade do produto. Caso a dúvida não seja esclarecida, os técnicos solicitam o envio do produto para análise e, em um prazo de até dois dias, retornam para o cliente. Se comprovada a fraude, orientam sobre o procedimento a ser adotado.

 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar