Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ÓCULOS DO PS4 SÃO PROMISSORES, MAS PODEM MELHORAR

20/03/2014

Na noite da última terça-feira, 18, a Sony revelou o Project Morpheus, o tão aguardado dispositivo de realidade virtual, que deve se conectar ao PS4 para tentar oferecer experiências de jogo mais imersivas.

Alguns jornalistas já tiveram a oportunidade de testar o gadget, que ainda pode mudar de nome, assim como o Kinect era conhecido como “Project Natal” antes de ser lançado. O aparelho em si também deve mudar muito antes do lançamento comercial, o que ainda não tem previsão para acontecer.

Para o site The Verge, o Morpheus ainda está começando seu caminho, mas é bastante promissor. Ele é surpreendentemente confortável de se usar, sem fazer peso sobre a testa e o nariz do usuário, graças a um argola de plástico que segura o aparelho em volta de sua cabeça. No entanto, a pessoa que estiver usando o dispositivo na cabeça invariavelmente parecerá ridícula, segundo a publicação. Por ser uma tecnologia pouco comum, é uma visão cômica, que também acontece com quem usa o Oculus Rift.Reprodução



A Sony já vinha trabalhando em displays não-interativos semelhantes ao Morpheus, e já estava na terceira geração do aparelho, então ela tem experiência em gadgets do tipo.

A publicação cita que o Morpheus ainda está um pouco atrás da versão mais recente do Oculus Rift quando o assunto é a redução do lag. Ao mesmo tempo, o aparelho da Sony tem lentes superiores, que ainda não se comparam a um display 2D tradicional, no entanto. Outro defeito do Morpheus é o campo de visão limitado, com dois semi-círculos pretos na lateral, o que quebra bastante a imersão e deve ser trabalhado antes do lançamento.

A Sony já tem todo um ecossistema preparado para o Morpheus. O PS Move permite o controle do movimento, enquanto a câmera do PS4 monitora a posição da cabeça. O sistema, assim, é bastante versátil, reconhecendo quando o usuário se agacha, dá uma volta ou se debruça sobre uma cerca. No entanto, o Oculus Rift ainda parece ser mais preciso. O repórter, no entanto, relata que a experiência com o Move não foi satisfatória. No entanto, ele reconhece que a ideia é boa, já que o dispositivo oferece uma combinação de movimento livre e feedback.

Sem previsão de preço e lançamento, a Sony somente confirma que não sairá neste ano. A publicação cita o Morpheus como uma entrada valiosa neste mercado ainda restrito. Ele tem vantagens de design em relação ao Rift, mas alguns problemas de imagem, mas está à altura dos outros competidores, mas ainda é necessário ver como ele se comportará mais próximo ao lançamento, com jogos reais.

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar