Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

9 CITAÇÕES FALSAMENTE ATRIBUÍDAS A ALBERT EINSTEIN

15/03/2014

Como disse certa vez Albert Einstein, “não acredite em todas as citações encontradas na internet, porque eu definitivamente não disse aquilo”.

Hoje seria o aniversário de 135 anos de Einstein e, para celebrar a data, separamos nove citações incorretamente atribuídas a ele que talvez você já tenha encontrado em algum lugar na internet. São todas falsas.

1. A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes

Einstein nunca disse isso. E nem Benjamin Franklin. O Salon tem uma boa coletânea de pessoas usando essa citação em diversos contextos políticos, porque políticos realmente amam essa citação. O livro The Ultimate Quotable Einstein atribui a citação a Rita Mae Brown, no livro Sudden Death, de 1983, mas certamente ela é mais antiga. Além disso, também não é essa a definição de insanidade.

2. Tudo é energia e isso é tudo o que há. Sintonize a frequência que você deseja e, inevitavelmente, essa é a realidade que você terá. Não tem como ser diferente. Isso não é filosofia. É Física.

Não. Não há nenhuma evidência de que Einstein tenha dito isso. Você não escolhe qual é a realidade mais adequada a você. Bem, ao menos não sem a ajuda de alguma dissonância cognitiva e alguns alucinógenos.

3. O direito internacional só existe em livros sobre direito internacional

Não foi Einstein. O antropólogo Ashley Montagu disse isso em uma entrevista com Einstein.

4. O mal é o resultado das pessoas não terem Deus presente em seus corações. É como o que acontece com o frio quando não há calor, ou com a escuridão quando não há luz.

Essa citação é encontrada em um email de corrente que circula há mais de uma década. Nela, um professor esnobe discute com um jovem e ousado estudante sobre Deus e a natureza do mal. Lentamente, mas com segurança, usando lógica hermética, o aluno prova ao professor que Deus está ao nosso redor. A grande surpresa? O estudante era um jovem Albert Einstein! Só que não.

5. Todo mundo é um gênio. Mas, se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em uma árvore, vai gastar toda a sua vida acreditando que ele é estúpido.

Não. Essa citação certamente faz uma pessoa se sentir melhor quando não se dá bem em algo. Mas não podemos creditá-la a Einstein. Como explica o Quote Investigator, alegorias com animais fazendo coisas impossíveis foram incrivelmente populares no século passado. Mas não, isso não foi dito por Einstein.

6. Me recuso a acreditar que Deus joga dados com o universo.

Não exatamente. A citação vem de uma carta escrita por Einstein a Cornelius Lancznos, de Princeton, em 1942. Como citado no livro Albert Einstein, o Lado Humano: “Você é a única pessoa que conheço que tem a mesma atitude em relação à física que eu tenho: acredita na compreensão da realidade através de algo basicamente simples e unificado… parece difícil olhar as cartas de Deus. Mas que Ele joga dados e usa métodos “telepáticos”… é algo em que não consigo acreditar de jeito nenhum.”

7. Qualquer tolo inteligente consegue fazer coisas maiores e mais complexas. É necessário um toque de gênio – e muita coragem para ir na direção oposta.

Não foi Einstein. Essa citação está no livro Small is Beautiful: A Study of Economics As If People Mattered, de E. F. Schumacher, de 1973.

8. Nem tudo o que pode ser contado conta, e nem tudo que conta pode ser contado.

É um ponto interessante, mas nunca foi dito por Einstein. O Quote Investigator aponta para um artigo de 1963 do sociólogo William Bruce Cameron: “Seria bom se todos os dados que os sociólogos exigem pudessem ser numerados porque então poderíamos rodá-los através de máquinas IBM e desenhar tabelas como economistas fazem. No entanto, nem tudo que pode ser contado conta, e nem tudo que conta pode ser contado”.

9. Duas coisas me inspiram profundo respeito: o céu no alto e o universo moral interior.

Esta parece ser incrivelmente popular e é adicionada a fotos com o céu estrelado e pessoas fazendo yoga. Mas Einstein nunca disse isso. É, na verdade, uma versão de uma citação de Immanuel Kant, Crítica da Razão Prática: “Duas coisas enchem a mente com admiração e respeito, quanto mais vezes e mais intensamente a mente do pensamento é atraída para eles: o céu estrelado acima de mim e a lei moral dentro de mim.
 

Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar