Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BANCO DE BITCOINS FLEXCOIN FECHA APÓS SOFRER ASSALTO DE US$ 620.000

06/03/2014

O banco Flexcoin, conhecido por tornar transações com bitcoin quase tão simples como em bancos tradicionais, não existe mais. A empresa fechou as portas na manhã de terça-feira após hackers roubarem 896 bitcoins (quase US$ 620.000) de seus cofres no domingo. E o mais preocupante? Este não foi nem o maior golpe envolvendo bitcoins do último fim de semana.

O Flexcoin não teve todos os bitcoins roubados por hackers. Eles limparam a “carteira quente”, mas o que stava em “armazenamento refrigerado” não foi tocado. “Armazenamento refrigerado”, em resumo, significa que são bitcoins mantidos em computadores não-conectados à internet, um nível extra de segurança pelo qual consumidores pagavam 0,5% extras. O Flexcoin devolverá os bitcoins para seus consumidores. Os que foram roubados, por sua vez, provavelmente estão perdidos para sempre, já que não há seguro para bitcoins como há para cédulas reais em muitos bancos.

Este não foi o único roubo de bitcoins registrado nos últimos dias. Na quinta-feira da semana passada, outra empresa chamada Polonix reconheceu que hackers roubaram 12,5% das suas reservas, e disse que planeja recuperar as moedas perdidas. E como podemos esquecer de Mt. Gox, empresa japonesa que entrou com pedido de falência na semana passada e anunciou que seus US$ 424 milhões em criptomoedas foram perdidos para sempre. Esses são apenas alguns dos maiores assaltos de bitcoins em uma lista que não para de crescer.

Mas não dava para esperar nada diferente. A crescente indústria de bitcoin é famosa por ser instável e vulnerável. Claro, é uma excelente ideia para quem quer liberdade, anarquia e qualquer outra coisa, mas não é a forma mais segura de guardar seu dinheiro no momento.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar