Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PARA COBRIR PERDAS, SONY DEVE VENDER SUA ANTIGA SEDE NO JAPÃO

01/03/2014

Em mais um capítulo do mau momento financeiro da Sony, a empresa estaria próxima de vender mais um de seus prédios em Tóquio, no Japão. O acordo está sendo estimado em cerca de US$ 146,5 milhões, segundo o Wall Street Journal, citando fontes familiares com o assunto.

O prédio em questão foi a principal sede da empresa entre os anos de 1990 e 2007, mas agora abriga apenas o setor de produtos médicos da companhia, além de outras operações auxiliares.

A negociação entra em uma lista de bens dos quais a Sony está se desfazendo para tentar melhorar sua posição financeira; um esforço do CEO Kaz Hirai para levantar dinheiro e reduzir custos. No ano passado, a empresa também vendeu sua sede nos Estados Unidos, localizada na Madison Avenue, em Nova York, por US$ 1,1 bilhão.

A previsão dos resultados do trimestre para a Sony não são muito animadoras. A companhia japonesa já alertou investidores de que a expectativa é fechar o período que se encerra em março com perdas de US$ 1,1 bilhão.

A Sony oficialmente não confirma o negócio, mas uma parte da imprensa japonesa também está dando a transação como certa com fontes internas. Também não fica claro quando o acordo seria fechado.

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar