Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

REDE DE CIBERCRIME INFECTA PCS E ROUBA BITCOINS E OUTRAS MOEDAS DIGITAIS

25/02/2014

Criminosos cibernéticos infectaram centenas de milhares de computadores com um vírus chamado "Pony" para roubar bitcoins e outras moedas digitais, no mais ambicioso ataque a moedas virtuais conhecido até hoje, de acordo com a empresa de segurança Trustwave.

A companhia disse na segunda-feira ter encontrado evidências de que os operadores de uma rede de cibercrime conhecida como Pony roubaram 85 carteiras virtuais que continham bitcoins e outros tipos de moedas digitais. A empresa disse não saber quanto as carteiras tinham em moedas.

"É a primeira vez que vemos uma presença tão espalhada desse tipo de malware, em centenas de milhares de máquinas", disse Ziv Mador, diretor de segurança da Trustwave.

A empresa disse acreditar que a rede criminosa ainda está operando, apesar de não saber quem comanda o grupo. A companhia disse que desabilitou servidores que estavam controlando as máquinas infectadas pelo Pony, mas espera que o grupo lance mais ataques a usuários de moedas virtuais.

Um representante da Bitcoin Foundation, um grupo que promove a adoção da moeda virtual, aconselhou aos usuários para guardarem a moeda em máquinas desconectadas em localizações seguras como forma de impedir o furto.

A descoberta da Trustwave ocorreu depois que um ataque digital se espalhou no início do mês por operações de câmbio da Bitcoin. O ataque causou a suspensão de saques de pelo menos três operadores da moeda virtual, fazendo o valor dela despencar 33 por cento durante 3 semanas.

A Bitcoin é uma moeda digital apoiada por um código de software escrito por um programador ou grupo de programadores desconhecido. A moeda não é regida por nenhuma empresa ou indivíduo e seu valor é determinado pela demanda dos usuários.

Pessoas que compram moedas digitais podem guardá-las em carteiras virtuais em seus próprios computadores ou junto a companhias que oferecem serviços de armazenagem de dados.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar