Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EXÉRCITO DOS EUA ESTÁ DESENVOLVENDO TRANSFORMERS DA VIDA REAL

14/02/2014

19fhasm2if149jpg
 

Entre as localizações remotas e a sempre presente ameaça de emboscada, está ficando cada vez mais difícil levar suprimentos para bases de combate do exército dos Estados Unidos ao redor do mundo. Lançamentos feitos por aviões de carga ou helicópteros são uma opção, mas pesquisadores da DARPA, agência de pesquisa do Ministério da Defesa dos EUA, podem ter chegado a uma solução melhor: veículos aéreos não tripulados (VANT) que carregam carga.

A DARPA, junto com a Lockheed Martin Skunk Works, está desenvolvendo estes veículos desde 2009 através do programa Transformer como meios de aumentar os métodos existentes de entrega.

“Muitas missões exigem decolagem e aterragem vertical (VTOL, no acrônimo em inglês), mas muitas unidades terrestres não contam com seus próprios helicópteros”, Ashish Bagai, gerente de programa da DARPA, explicou em uma declaração à imprensa. “Sistemas aéreos integrados reconfiguráveis (ARES, na sigla em inglês) pode criar capacidades VTOL orgânicas e versáteis disponíveis para muitas unidades individuais. Nosso objetivo é oferecer transportação flexível e independente de terreno que evita ameaças terrestes para apoiar nossas operações e melhorar o sucesso das missões.”

No final do ano pasado, a DARPA apresentou um projeto deconceito de ARES como design vencedor e base do futuro para plataformas Transformers. O design único modular do ARES permitirá a execução de uma ampla variedade de funções. Seu módulo de voo VTOL agirá como um VANT indpeendente – tanto controlado remotamente por uma unidade terrestre, ou, em versões futuras, capaz de voos semi-autônomos – com seus sistemas próprios de energia, controle e propulsão. Um par de ventiladores canalizados oferecerá elevação vertical e conversão para fornecimento de impulso para frente, permitindo o transporte de carga e pouso em pontos com metade do tamanho dos heliportos tradicionais.

O que é essa carga depende do tipo de módulo carregado pelo ARES. Pesquisadores da DARPA esperam desenvolver módulos específicos para missões – com suprimentos, extração de vítimas e cargas de reconhecimento – que poderiam ser facilmente trocados por outros. Eles poderiam se transformar dependendo da necessidade. Como Transformers da vida real.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar