Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CARTAS CODIFICADAS CONTAM PARTE DA HISTÓRIA DO FIM DA ERA DOS SAMURAIS NO JAPÃO

10/02/2014

jpao
 

Documentos históricos do Japão foram encontrados em uma escola em Kyoto. São cartas codificadas do século 19 com conversas entre o estadista japonês Tomomi Iwakura e seus colaboradores durante a Rebelião Satsuma.

Até meados do século 19, o Japão era um país feudal isolado do resto do mundo. Esse isolamento começou com o fechamento dos portos no século XVII, com o início da era Edo. A partir da Restauração Meiji, em 1867, o país passou por uma modernização acelerada. Isso obviamente não agradou todo mundo por lá, e diversas rebeliões de antigos samurais eclodiram pelo país. A última e mais violenta delas foi a Rebelião Satsuma, durante o ano de 1877. A maior parte das cartas foi trocada por Iwakura e líderes que combatiam a rebelião pelo governo japonês.

As cartas foram codificadas com o uso de uma tábua circular. Esta tábua consistia em dois discos rotacionáveis com 12cm e 10cm de diâmetro, respectivamente, com o alfabeto katakana. As cartas detalham movimentações e planos dos guerreiros por todo o país – Iwakura, como Ministro da Direita, cargo que só ficava abaixo do Sadaijin (ou “Ministro da Esquerda”), era o segundo homem mais poderoso a representar o imperador Meiji na condução do governo.

Os documentos foram estudados por cerca de dois anos pelo professor da Universidade de Kyoto, Kiyoshi Matsuda. O professor destaca a importância das cartas – afinal, estamos falando de um importante período de transição na história do Japão. Elas foram escritas no fim da era dos samurais, quando o Japão caminhava para se tornar um país moderno e a potência econômica que é hoje.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar