Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

APPLE PEDE A JUIZ NORTE-AMERICANO QUE SUSPENDA SUPERVISÃO ANTIMONOPÓLIO

05/02/2014

A Apple pediu a uma corte de apelações nesta terça-feira para suspender a supervisão antimonopólio designada por um juiz, argumentando que seu trabalho estava prejudicando os negócios da companhia.

A fabricante do iPhone pediu que o Tribunal de Apelações do Segundo Circuito de Nova York suspenda o trabalho de monitoramento de Michael Bromwich enquanto o tribunal considera a petição da Apple de retirá-lo do posto, um processo que pode durar vários meses.

"Não podemos atrasar o relógio", disse Theodore Boutrous, um advogado da Apple, ao explicar porque a companhia sofreria prejuízo irreparável se o supervisor continuar seu trabalho antes que o tribunal de apelações tenha chance de decidir se sua decisão era apropriada em primeiro lugar.

Mas um advogado do Departamento de Justiça dos EUA disse à Corte que o monitor era essencial para assegurar que a Apple cumpre a lei, depois que um juiz federal decidiu no ano passado que a companhia era responsável por conspirar com cinco editoras para incrementar o preço dos livros eletrônicos.

"O pedido preliminar exige que a Apple entenda perfeitamente porque e como tem que cumprir as leis de defesa da concorrência, e não daqui a um ano, mas hoje", disse Finnuala Tessier.

O painel de três juízes disse que levaria o pedido da Apple em consideração. Por enquanto, o trabalho do monitor está em espera até que o tribunal determine se deve conceder a Apple um prazo maior.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar