Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FALHA NA INTERNET DA CHINA CAUSA PROBLEMAS A CENTENAS DE MILHÕES

23/01/2014

Um erro humano foi a provável causa de uma falha no chamado Grande Firewall da China, a barreira de proteção oficial, que fez com que milhões de internautas fossem ironicamente reencaminhados para a página inicial de uma empresa americana especializada em ajudar pessoas a evitar a censura de Pequim à rede, disseram fontes à Reuters.

Centenas de milhões de pessoas que tentavam visitar os sites mais populares da China na terça-feira (21) à tarde acabaram redirecionados para a Dynamic Internet Technology (DIT), uma empresa que vende aos usuários chineses serviços sob medida contra a censura on-line.

Especialistas disseram que a avaria pode ter sido resultado de um ataque de hackers, segunda a agência oficial de notícias Xinhua, e especulações nesse sentido proliferaram na mídia nacional chinesa.

A DIT está ligada ao Falun Gong, um grupo espiritual banido na China que foi responsabilizado por ataques de hackers no passado.

Durante uma entrevista coletiva diária, o porta-voz da chancelaria chinesa Qin Gang disse ter "notado" relatos sobre o envolvimento do Falun Gong, mas afirmou não saber quem foi o responsável pela falha.

"Eu não sei quem fez isso ou de onde veio, mas o que eu quero salientar é o que isso nos faz lembrar mais uma vez que a manutenção da segurança da internet precisa de uma cooperação internacional fortalecida. Isso mostra mais uma vez que a China é uma vítima de hackers", disse.

No entanto, fontes familiarizadas com as operações de gestão da internet do governo chinês disseram à Reuters que um ataque de hackers não foi a causa do mau funcionamento. Eles não quiseram ser identificados devido à sensibilidade da questão.

As fontes disseram que o incidente pode ter sido o resultado de um erro de engenharia, cometido em meio a mudanças no "Great Firewall", sistema utilizado pelo Partido Comunista para bloquear sites que considera indesejáveis –como o site da DIT, por exemplo.

A estatal Centro de Informação da CIRIC (Rede de Internet da China) disse que "o ataque" à Internet do país está sob investigação, de acordo com uma publicação desta quarta-feira (22) em um microblog da emissora oficial CCTV.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar