Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AUTOR QUE POSTOU ANÚNCIO RACISTA NO MERCADO LIVRE FOI MOTIVADO PELA POLÍTICA DE COTAS

20/01/2014

Anúncio foi feito no Rio de Janeiro e causou revolta (Reprodução)

Anúncio foi feito no Rio de Janeiro e causou revolta (Reprodução)

O responsável por postar um anúncio racista que vendia negros por R$1, revelou nesta sexta (17) que foi motivado pela política de cotas do Governo Federal. Ele foi reprovado no vestibular do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckrow da Fonseca, que fica na Tijuca. Segundo ele, seu ingresso foi prejudicado por causa dos cotistas.

O autor do anúncio tem 16 anos e foi apreendido na última quarta. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, ele confessou o crime. O adolescente foi autuado por prática, indução ou incitação à discriminação ou ao preconceito de raça, cor, etnia de religião ou de procedência nacional, previstos no Artigo 20 da Lei 7.716.

Em nota divulgada à imprensa, a empresa de vendas diz que o conteúdo foi retirado do ar na segunda-feira (6), após denúncia dos usuários do site. O anúncio repercutiu nas redes sociais no domingo (5). A nota do MercadoLivre diz que o site de vendas repudia o conteúdo da postagem e que todos os anúncios publicados têm um botão de denúncia. “Os usuários que infringem as regras do MercadoLivre têm seu cadastro cancelado. Reiteramos que o MercadoLivre está sempre à disposição para colaborar com as autoridades”, declara o texto.
 
 
 
Fonte: Ne10

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar