Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVOS CHIPS DA AMD APROXIMAM AINDA MAIS AS CPUS E GPUS

08/01/2014

A AMD anunciou durante a CES 2014, feira de tecnologia que acontece nesta semana em Las Vegas, nos EUA, que os dois novos membros de sua série A de processadores já estão disponíveis em pré-venda. Conhecidos pelo codinome “Kaveri”, os chips serão oficialmente lançados em 14 de Janeiro. Mas a maior mudança nestas novas CPUs híbridas (ou APUs, como chama a AMD), que tem uma GPU integrada, pode ser na terminologia.

Até hoje a AMD e suas rivais definiam a combinação de uma CPU com GPU integrada em termos de seus respectivos elementos computacionais. Por exemplo, uma CPU de quatro ou oito núcleos para computação geral, e um número maior de “núcleos gráficos” para processamento de imagens.

amd_kaveri_slide-580px.jpg
Novas APUs tem suporte a tecnologias como Mantle e TrueAudio

Mas com a Kaveri a AMD muda esta prática. Dentro dos novos chips A10-7700K e A10-7850K há uma CPU com 4 núcleos baseada na arquitetura SteamRoller e uma GPU Radeon R7 com 8 núcleos, baseada na arquitetura Graphics Core Next, ou GCN, com suporte à API Mantle. O poder computacional total é de 856 Gigaflops. A AMD se refere a todos esses núcleos como “núcleos para computação”, sem distinção. Ou seja, os chips contém simplesmente “12 núcleos para computação”.

Em parte isto é o reconhecimento de que as diferenças entre as CPUs e GPUs estão diminuindo, à medida em que tarefas especializadas anteriormente realizadas por processadores sofisticados estão sendo entregues a GPUs que atuam como coprocessadores. Uma boa parte dos supercomputadores mais poderosos do mundo na lista Top500 usa GPUs desta forma.

Por si só, a Kaveri é um membro importante na linha da AMD. As APUs (Accelerated Processing Units, ou Unidades de Processamento Acelerado) como a Kaveri estão se tornando cada vez mais comuns. Lisa Su, vice-presidente sênior e gerente geral das unidades globais de negócios da AMD, disse ao público na conferência de imprensa da empresa na CES que a expectativa é que o número de APUs cresça para 160 milhões de unidades em 2015, o dobro dos últimos dois anos.

“A Kaveri é a melhor e mais poderosa APU que a AMD já lançou”, disse Su. Como prova, mostrou um breve clipe de um jogo exigente em termos de recursos lançado no ano passado, Tomb Raider, rodando no Kaveri.

amd_kaveri_bench-580px.jpg
Benchmarks colocam os novos chips à frente de concorrentes da Intel

Kaveri é o primeiro processador da AMD com suporte a HSA (Heterogenous System Architecture, Arquitetura de Sistema Heterogênea), uma forma de projetar hardware e software para que facilitem a distribuição de tarefas entre a CPU e GPU, tirando proveito das vantagens de cada um. Desenvolvedores como os do projeto LibreOffice e a equipe do Java na Oracle já estão reescrevendo seu código com a HSA em mente, e a equipe do LibreOffice deve em breve anunciar que viu um ganho de 8 vezes no desempenho de cálculo na planilha Calc com o suporte a HSA ativado.
 
 
 
Fonte: PCworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar