Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HACKERS LIBERAM NA REDE 4,6 MILHÕES DE NOMES DE USUÁRIOS DO SNAPCHAT

02/01/2014

No primeiro dia de 2014, um grupo anônimo de hackers colocou na internet, num site chamado SnapchatDB.info, um arquivo para download com nomes de usuário, telefones e regiões geográficas de localização de 4,6 milhões de usuários do aplicativo Snapchat.

A notícia começou a ser publicada na madrugada do dia 1 por alguns sites americanos e europeus. Por volta de 12h00 (horário de Brasília) o site hacker foi retirado do ar mas ainda não se sabe quantos downloads foram feitos durante esse período.

Os hackers disseram ter utilizado uma brecha na API do Snapchat, que foi divulgada no dia 27/12 mas negada pelo Snapchat em seu blog oficial, para compilar a lista de nomes em um banco de dados e estavam oferecendo para download livre a informação em formato de um bloco de banco de dados SQL ou em formato de arquivo CSV.

As instruções das páginas do site, conforme noticiou a Forbes, diziam você está fazendo o download de 4,6 milhões de números de telefone associados aos nomes dos usuários. As pessoas costumam repetir o mesmo username em outros sites da web, portanto você pode usar essa informação para descobrir o telefone de contas do Facebook e Twitter ou simplesmente achar telefones de pessoas que queira contatar.

A ação dos hackers, ao que parece, foi uma forma de provar que as denúncias sobre a brecha da API que permitiria combinar nomes de usuários com seus telefones eram realmente verdadeiras e poderiam ser executadas, forçando a empresa a tomar uma atitude mais consistente para proteger a privacidade dos seus usuários.

Se você é usuário do Snapchat e quer descobrir se seu nome foi revelado, a Forbes colocou o link para um site chamado robbiet.us/snapchat/ que faz a comparação com os dados e informa. Mas a sugestão desde já é mudar sua senha e seu nome de usuário em todos os lugares que puder, se por acaso estiver usando o mesmo nome em vários sites.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar