Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL DEVE TERMINAR 2013 COM POUCO MAIS DE 271 MILHÕES DE CELULARES ATIVOS

31/12/2013

Dados preliminares da Anatel indicam que o Brasil terminou novembro de 2013 com 270,5 milhões de celulares em operação. As adições líquidas no mês somaram 595 mil linhas (quantidade inferior às 738 mil adicionadas em novembro de 2012. Como, historicamente, o mês de dezembro é melhor para a venda de novas linhas e aparelhos, as projeções dos analistas são a de que o Brasil termine 2013 com pouco mais de 271 milhões de linhas ativas.

O país deve encerrar 2013 com adições líquidas entre 10 e 11 milhões de celulares. de acordo com dados preliminares da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As adições líquidas de pós-pago em um ano irão superar as de pré-pago pela primeira vez, segundo análise da Teleco. Em novembro, a participação do pré-pago caiu para 78,37%.

As vendas de 2013 devem se manter no mesmo patamar de 2012, puxadas pelo crescimento da venda de Smartphones. Com preços mais atraentes, depois de o governo ter o governo implementado a desoneração dos impostos federais (PIS/Cofins) dos aparelhos, eles foram o eletrônico de consumo de maior demanda no Natal.

Base de 4G ainda é pequena
O início da oferta da tecnologia de banda larga móvel de quarta geração, conhecida como 4G, que promete internet até dez vezes mais rápida que a 3G, foi uma das principais novidades de 2013 na área de telecomunicações. A primeira faixa de frequência para o serviço foi licitada em junho de 2012, com a condição de que o serviço 4G estivesse disponível nas cidades que sediariam a Copa das Confederações, que ocorreu em junho deste ano.

 

As primeiras cidades começaram a receber o 4G em abril deste ano, e, de acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), o serviço já chegou a 74 municípios, incluindo as 12 cidades-sede da Copa do Mundo. O cronograma da Anatel prevê ainda a expansão para todas as capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes, que têm de estar atendidas até maio de 2014.

O levantamento mais recente da Anatel, de outubro, mostra que 730,57 terminais de banda larga 4G foram adquiridos no país. Quando foi lançado, a previsão da Anatel era que até o fim do ano o 4G ultrapassasse a marca de 4 milhões de clientes. Na época, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, apostou que o número seria maior até e fez uma aposta com o presidente da Anatel, João Rezende. Já as projeções dos analistas de mercado era que o 4G encerrasse o ano com pouco mais de 1 milhão de linhas em operação, o que deve se confirmar.
 
 
Fonte: Idgnow 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar