Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INSTAGRAM CONTRATA NO BRASIL E DIZ QUE PAÍS É PRIORIDADE

13/12/2013

O Instagram está em busca de um brasileiro que usará as plataformas da empresa para mostrar ao mundo como é o nosso país. Essa pessoa será integrante de um time miúdo mas de prestígio, que atualmente conta com representantes em apenas dois países.

O escolhido terá entre suas funções colaborar com o blog e a conta oficial do Instagram. "Há quatro de nós na Califórnia e acabamos de contratar uma pessoa em Londres; a próxima pessoa que vamos contratar será aqui", confirmou Bailey Richardson, gerente global de Comunidades do Instagram, ao Olhar Digital. "Nós ainda somos um time bem pequeno, considerando quantas pessoas usam o Instagram. Nós sempre brincamos que quatro pessoas em Menlo Park [na Califórnia] não podem contar as histórias do mundo inteiro."

Não é à toa que a empresa está investindo aqui, pois o Brasil é um dos mercados mais promissores para o produto. Dos 150 milhões de usuários no mundo, 60% estão fora dos Estados Unidos, com o Brasil entre os cinco principais.

Os números do Instagram são altos, parte disso graças aos brasileiros: 16 bilhões de fotos já foram compartilhadas, sendo 55 milhões por dia, gerando 1,6 bilhão de likes diários. Só o serviço de vídeos, que foi lançado em junho, já conta com 5 milhões de compartilhamentos. Mas não é só isso que cativa a empresa.

"Eu acho que o Brasil sempre foi um país apaixonante para o Instagram. Toneladas de pessoas o usam e toneladas de pessoas o amam, e nós sentimos isso", disse Bailey, que ainda citou o destaque do país como outra das razões pelo interesse - afinal, passaremos por uma Copa do Mundo e uma edição dos Jogos Olímpicos.

"Tantas coisas empolgantes acontecerão no Brasil nos próximos anos, nós queremos participar e contar as histórias das pessoas que estão usando o Instagram no Brasil. Será divertido ter mais representantes refletindo a paixão que as pessoas têm pelo produto e ajudando a conectar as comunidades com o Brasil."

De acordo com a executiva, "definitivamente", o fato de um dos fundadores do serviço ser brasileiro também pesa quanto à preferência pelo país. O paulista Mike Krieger fica com os outros desenvolvedores nos EUA, mas deve vir ao Brasil em breve. "Faz muito sentido ele estar na Califórnia, mas ele sente muito por não estar aqui tanto quanto gostaria", comentou Bailey. "Mike me mandou uma mensagem hoje, eram 4h e ele estava dirigindo para o escritório; ele está muito envolvido no desenvolvimento do produto."
 
 
 
Fonte: olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar