Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WD BLACK 4TB - DRIVE DE ALTA CAPACIDADE E BOM DESEMPENHO, MAS VALOR MUITO ALTO

09/12/2013

Depois de analisarmos o drive Desktop HDD 4TB Seagate, agora é a vez do modelo Black de 4TB (WD4001FAEX) da Western Digital, a outra grande empresa do ramo de discos rígidos.

Esse modelo se destaca pelos 64MB de cache e 7200RPM através de 5 discos de 800GB. Atualmente pode ser encontrado por US$200 fora do Brasil (custava U$250 no lançamento), mesmo preço de modelos de mesma capacidade da Seagate. Infelizmente por aqui, nas poucas lojas onde o mesmo está disponível, seu preço ainda é bastante alto, acima de R$ 1100, cerca de 50% a mais que alguns modelos concorrentes.


Especificações
Na tabela abaixo temos os comparativos entre quatro drives da série Black, modelos com 4TB e 3TB. A diferença entre eles fica por conta da tecnologia "Formato Avançado" (FA) ou Advanced Format. O modelo que estamos analisando é de "referência" WD4001FAEX, sem suporte ao FA, tecnologia que melhora um pouco a taxa de transferência de dados, como é possível ver na tabela, saltou de 154 MB/s do drive sem suporte para 171 MB/s para o drive com suporte a FA. Entre outros destaques, o drive analisado possui 64MB de cache e 7200RPM, sendo que o mesmo tem 5 discos internos, cada um com 800GB.

* Para informações completas sobre todos os drives da linha Black, clique aqui

O que o Advanced Format representa para mim?
A formatação avançada (Advanced Format) otimiza o disco rígido para aproveitar os recursos dos sistemas operacionais mais recentes. Esse recurso permite que os fabricantes do disco rígido possam projetar HDs com maior capacidade, agora e para o futuro.

Quais são as vantagens a Formatação Avançada?
A tecnologia Advanced Format permite que as empresas de HDs leiam e escrevam mais dados em um mesmo espaço disponível no disco rígido.

OBS.: Textos sobre o Formato Avançado retirados do site da Western Digital.

Linhas de discos rígidos da WD
A Western Digital possui 5 linhas de discos rígidos formato 3.5 inch, chamadas de Red, Blue, Green, Black e VelociRaptor. Vale destacar que a linha Red não é direcionada a computadores como destacaremos a seguir.

A série de drives Red foi lançada recentemente e é destinada a dispositivos de armazenamento em rede, conhecidos como NAS, já a linha Blue promete desempenho e confiabilidade em desktops, modelos com "selo" Green são ecologicamente conscientes e eficientes, já a Black busca ser diferenciar pela alta capacidade de armazenamento e bom desempenho, que também é o destaque da VelociRaptor, sendo essa a linha de discos rígidos mais rápida da WD, com 10.000 RPM em todas as capacidades.

O modelo que estamos analisando é da linha Black, com 4TB e referência WD4001FAEX, prometendo bom desempenho aliado a alta capacidade. Modelos de 4TB da linha Black são os únicos da WD com essa capacidade e velocidade de rotação de 7.200RPM. A linha Green também possui modelos com 4TB, mas com 5.400RPM.

Drives de armazenamento de 3TB+
Nem todos os sistemas são compatíveis com discos rígidos de mais de 2.2 terabytes de capacidade. Computadores anteriores a 2011, em sua maioria, possuem a BIOS do tipo Master Boot Record (MBR), compatível com discos de até 2.2T. O suporte a discos maiores está presente em hardwares com a BIOS do tipo UEFI, sendo compatível em sistemas como o Windows 8, e outros como o Windows Vista e 7 em suas versões 64bits.

Sistemas operacionais Windows operando no MBR, como o Windows 7 e Vista em 32-bit, podem receber suporte a estes discos maiores através do GUID Partition Tables (GPT), driver que torna isto possível contando que o HD não seja o utilizado pelo sistema operacional.

Além da limitação na detecção correta do HD em máquinas anteriores a 2011, também existe a questão de limitação de tamanho da partição do formato MBR, que no caso do modelo de 4TB, obriga o usuário utilizar duas partições. Para resolver essa limitação, é possível converter o drive para o padrão GPT, desde que o processo seja feito de dentro do Windows.

Abaixo temos algumas telas do processo para conversão do formato do drive de MBR para GPT, possibilitando utilizar os 4TB em uma única partição, alias, processo bastante simples.

Fotos
Abaixo algumas fotos do drive, que segue o padrão de modelos de 3.5 inch. Como maior diferença sobre um modelo de 2TB, a ocupação de quase todo o espaço fisico disponível, sem orifícios que avançam internamente, justamente pela maior quantidade de pratos do modelo de 4TB(é possível ver esses detalhes nas fotos comparando o drive com outro modelo da WD série Green de 2TB). No mais ele segue as medidas padrões de outros drives formato 3.5 inch.

 

Nas fotos abaixo, o WD Black de 4TB ao lado de um WD Green de 2TB. Como destacamos anteriormente, reparem que o Black tem a parte "inferior" toda lisa, caracterizando que o drive aproveita todo o espaço físico. Isso acontece devido o drive ter 5 discos internos, cada um com 800GB.

 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar