Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AMD RADEON R9 270X - PLACA DE VÍDEO É MODELO REBATIZADO DA 7870, MAS U$150 MAIS BARATA

05/12/2013

Depois de muitos anos sem receber um modelo de placa de vídeo referência fabricado pela AMD para análise, finalmente chegou na redação da Adrenaline um exemplar, a Radeon R9 270X. Desenvolvida pela própria empresa para uso interno, servindo como referência para as fabricantes de VGAs, além de ser utilizada em demonstrações e análises pela mídia especializada.

Vale destacar que essas placas desenvolvidas pela AMD não estão a venda, apesar de haver modelos praticamente idênticos, mas lançados pelas empresas parceiras.


A R9 270X vem com chip Curacao trabalhando em 1050MHz e memórias em 5600MHz, tem um sistema de cooler imponente e ao mesmo tempo um pouco mais discreto, quando comparado com os modelos desenvolvidos pelas fabricantes. 

Em cenário internacional, placas semelhantes ao modelo de referência custam U$ 199. Por aqui, é possível encontrar modelos que partem de R$ 700, chegando a R$ 1000. Entre os motivos do alto valor, está, como sempre, a elevadíssima taxa de impostos existente em nosso país. Mas. além disso, também há o fato de se tratar de um modelo lançamento.

Apesar da AMD informar que a Radeon R9 270X possui o chip Curacao, é possível perceber na tabela acima que trata-se exatamente do mesmo Pitcairn presente nas Radeons 7870/7850. Como diferenciais competitivos, a R9 270X tem clock dinâmico na GPU que pode chegar a 1050Mhz e memórias trabalhando em 5.6Ghz, respectivamente 50Mhz e 800Mhz acima da 7870. Em compensação, se um usuário gastou US$ 349 para adquirir uma Radeon 7870 na época de seu lançamento, hoje, é possível levar para a casa a R9 270X (ou seja, uma 7870 "bombada") por menos de US$ 200!

Fotos
A placa tem visual muito bonito e imponente, nas cores preto e vermelho, característicos de placas de vídeo referência da AMD, com as cores adotadas dos modelos de quando as placas de vídeo ainda levavam o nome da ATI.

Diferente da R9 280 e 280X, as R9 270 possuem dois conectores de força de 6 pinos, e não um de 8 e outro de 6. O requisito de fonte de energia também é menor, logicamente.

Assim como a R9 280X referência, a VGA possui duas conexões DVI, uma DisplayPort e uma HDMI, possibilitando conectar até quatro monitores simultaneamente. A diferença é que a R9 270X pode trabalhar em conjunto apenas com mais uma placa de vídeo, pois tem somente um conector Crossfire. Já as R9 280 e 290 podem trabalhar com duas ou mais placas em conjunto.

Nas fotos abaixo, temos a placa semi-aberta, sem a carcaça que faz a proteção do FAN e do dissipador, mostrando um pouco o sistema de cooler desenvolvido pela AMD para esse modelo. Assim como placas mais recentes da Nvidia, a AMD adotou um processo bem simples de remoção dessa carcaça: basta remover 6 parafusos, sem mais encaixes internos. Isso ajuda bastante na limpeza interna e, consequentemente, no aumento da vida útil, caso essa limpeza seja feita sempre que acontecer acumulo muito grande de poeira, problema pelo qual muitos usuários devem passar.

Já nas fotos abaixo, temos a R9 270X, comparada com a Radeon R9 280X Black Edition da XFX e com uma Radeon HD 7950 IceQ Turbo da HiS. Reparem que a diferença de tamanho é considerável entre os modelos, sendo a R9 270X a menor das placas, justamente por ser baseada na Radeon HD 7870, placa que também tinha o PCB menor.

 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar