Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HOMEM É CONDENADO NOS EUA POR PARTICIPAÇÃO EM ATAQUE DDOS

04/12/2013

Um homem de Wisconsin, EUA, foi condenado pela participação em um ataque DDoS (distribuído de negação de serviço) feito pelo grupo de hackers Anonymous contra uma empresa no Kansas. Num ataque desse tipo os servidores da vítima são sobrecarregados com um grande volume de acessos consecutivos que acabam por "derrubar" o serviço de internet da empresa.

Eric J. Rosol, 38, admitiu que em 28 de fevereiro de 2011 participou de um ataque de negação de serviço (DDoS) por cerca de um minuto contra o site da Koch Industries - o Kochind.com, usando o software chamado Low Orbit Ion Cannon Code, que foi carregado em seu computador. O LOIC é uma ferramenta de DDoS popular usada por Anonymous e outros hackers online.

Rosol, que se declarou culpado de uma acusação de delito de acessar um computador protegido, foi condenado a uma sentença de dois anos que cumprirá em liberdade condicional e a pagar 183 mil dólares em restituição aos danos provocados, declarou o Departamento de Justiça americano.

Havia um acordo judicial anterior entre Rosol e o governo federal no qual as partes concordavam que as perdas diretas como resultado do ataque seriam menores que 5 mil dólares. O acordo no entanto foi derrubado porque a Koch Industries argumentou que contratou uma consultoria para proteger seus sites gastando cerca de 183 mil dólares.

Os donos da Koch Industries, David e Charles Koch, foram alvo do grupo Anonymous por suposto papel no enfraquecimento do poder de negociação dos sindicatos. O ataque feito pelo coletivo derrubou o site da Koch por 15 minutos. A empresa é privada e tem sede em Wichita, Kansas, com negócios em várias áreas, incluindo óleo e fabricação.

O uso das leis de computadores nos EUA para acusar indivíduos por crimes que podem levar a longas penas de prisão tem sido criticado por alguns ativistas de direitos civis, que argumentam que a punição é muitas vezes desproporcional ao crime online - e mais elevada que as sentenças para crimes semelhantes no mundo físico.

Jeremy Hammond, 28, um membro do Anonymous, foi condenado no mês passado a 10 anos de prisão por invadir os computadores da empresa de análise geopolítica Strategic Forecasting, também chamada de Stratfor, e pela obtenção de informações de cartão de crédito e e-mails de clientes, entre outros dados.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar