Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RESTAURANTE OBRIGA USUÁRIO DE GOOGLE GLASS A IR EMBORA

29/11/2013

Um restaurante em Seattle obrigou um usuário do Google Glass a remover os óculos ou se retirar. O cliente foi embora reclamando, a discussão continuou nas redes sociais, com direito a trocas de farpas, e o debate está aberto: quem está certo nessa história?

Nick Starr é um engenheiro de vídeos para teleconferências e foi jantar no Lost Lake Cafe and Lounge usando seu inseparável Google Glass. O engenheiro já havia comido no restaurante na noite anterior e o seu gadget apenas atraiu o olhar curioso dos garçons. Mas naquela noite, uma gerente o avisou que o dono do restaurante não permitia o uso do aparelho: ou ele tirava o óculos do rosto ou teria que ir embora. Starr perguntou onde estava declarada esta política do estabelecimento. Sem obter respostas, escolheu não ficar mais no restaurante.

A discussão foi parar no Facebook. O engenheiro postou em sua conta no dia seguinte, exigindo um pedido de desculpas e acusando a gerente: “Se o membro da equipe estava errado e perdeu o dinheiro do proprietário na noite passado assim como qualquer futuro faturamento, este valor deve ser descontado do salário dela ou de sua rescisão”.

Mas a decisão não era iniciativa da gerente e o restaurante replicou em sua página na rede social: “Se você usa o Google Glass em nosso interior, ou filma ou fotografa pessoas sem sua permissão, nós iremos pedir que você pare ou vá embora”. E arrematou com veemência: “se nós pedirmos para você ir embora, pelo amor de Deus, não comece a gritar sobre seus ‘direitos’. Apenas cale a boca e caia fora antes que as coisas fiquem piores”.

Naturalmente, o Facebook pegou fogo, com muita gente apoiando a posição do restaurante e uma igual quantidade de pessoas tomando as dores do engenheiro. E você, o que acha? O que manda a etiqueta tecnológica dessa nova era?
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar