Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COMPRADORES DO PS4 RELATAM FALHA COM ´LINHA AZUL DA MORTE´

19/11/2013

Antes do lançamento do PS4, algumas unidades do console distribuídas para a imprensa e vencedores de concursos já haviam dado problema. Três dias após o início das vendas, na última sexta-feira, fica claro que não se tratava de acidente. Até o momento, são vários os relatos de quem adquiriu uma das primeiras unidades do console e recebeu um "tijolo".

O problema mais sério até o momento parece ser a "linha azul da morte", retratada em vários vídeos do YouTube. Onde deveria haver uma luz branca estável é mostrada uma luz azul piscante. Nestes casos, não há saída de vídeo, o que impede totalmente que qualquer jogo seja executado. Em alguns casos, houve solução por meio de atualização de software, mas muitos ainda precisarão trocar seus consoles, o que pode demorar, devido à escassez do produto nas lojas.

Outro problema comum, mas um pouco menos preocupante é a "linha vermelha da morte", em que uma luz vermelha começa a piscar para indicar superaquecimento do console. O PS4, no entanto, aparenta ser mais inteligente que as primeiras unidades do Xbox 360 (com o famoso "anel vermelho da morte"); se o console superaquece, ele se desliga e só volta a funcionar após o resfriamento, para preservar o funcionamento a longo prazo do dispositivo.



A Sony afirma estar investigando os problemas relatados pelos usuários e afirma que apenas 0,4% dos consoles foram prejudicados. Caso este número seja verdadeiro, considerando que foram mais de 1 milhão de unidades vendidas, são cerca de 4 mil videogames problemáticos.

Na loja virtual da Amazon, no entanto, é bastante alto o número de avaliações negativas com "compras verificadas", que são usuários que realmente compraram o produto na loja. Dos reviews no site, cerca de 25% são negativos, o que pode significar que a taxa de erro seja um pouco maior do que os 0,4% descritos pela Sony, embora os reviews da Amazon não sejam uma fonte totalmente precisa.

A PSN também enfrentou bastante instabilidade no primeiro final de semana após o lançamento do console, já que a maioria dos compradores precisou baixar a atualização de firmware de 300 MB, disponível logo no primeiro dia.

A Electronic Arts também decidiu criticar a Sony pela atualização, afirmando que a versão 1.5 do firmware do PS4 causava instabilidade em todos os jogos e não apenas nos seus. O comunicado alertava de que seria necessário um novo update de firmware para fazer tudo funcionar como deveria. Contudo, a publisher acabou removendo a publicação de seu site, afirmando que havia sido postada por engano.

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar