Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TV POR ASSINATURA: CRESCIMENTO FICA ABAIXO DO ESTIMADO

19/11/2013

A televisão por assinatura ampliou a base em 1,2 milhão de assinantes nos três trimestres terminados em setembro – número que chega a 2 milhões no acumulado em 12 meses. O total em todo o país já é de 17,4 milhões de assinaturas. Mas o ritmo parece ter arrefecido bastante. 

O grosso da ‘engorda’ recente do setor é fruto de 2012. O ano passado viu a base pular de 12,7 milhões para 16,2 milhões. Repetir o desempenho de uma alta anual superior a 27% já seria uma surpresa. Mas a toada é bem mais lenta, com a alta em 2013 de 5,4%.

É certo que 2012 foi o ano da implementação do Serviço de Acesso Condicionado (Seac), pela Lei 12.485/11. A Anatel, pelo menos, aguardava um grande impacto do que chamava de ‘abertura do mercado’. Na prática, as teles entraram no jogo e pelo menos até aqui não modificaram estruturalmente a concentração do setor.

Oi e GVT puxam os números por esse lado – cada uma acrescentou pouco mais de meio milhão de assinantes. Mas dos mais de 4 milhões de novos clientes desde o início do Seac, metade das adições ficou com a já líder Net/Embratel. Outro 1,3 milhão com a vice Sky.

Com 9,2 milhões e 5,2 milhões de assinantes, Net/Embratel e Sky concentram 83,2% do mercado de TV paga no Brasil. Incluídas Oi (911 mil) e GVT (586 mil) nessa conta, chega-se a praticamente 92% do setor. Ou 95% com os 3% da Telefônica – que na prática está se reorganizando pós-Seac.
 
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar