Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HÁ VAGAS NO BRASIL

11/10/2013

O Brasil é o país onde mais empresas vão aumentar o número de funcionários permanentes no segundo semestre, segundo um levantamento da consultoria de recursos humanos Robert Half com 1.775 diretores de RH de 14 países. Também houve aumento na quantidade de companhias com essa perspectiva em relação ao semestre passado. Ao mesmo tempo, no entanto, dobrou a porcentagem das que pretendem fazer cortes.

No Brasil, 43% das companhias têm planos de contratar profissionais permanentes no segundo semestre, contra 37% no semestre passado. Ainda para o segundo semestre, 36% pretendem manter o quadro estável, 9% vão congelar vagas que forem desocupadas e 12% esperam cortar o número de funcionários. Esse último número ultrapassou os 6% registrados no primeiro semestre. Ainda assim, os números são mais positivos do que na média mundial, em que 33% têm perspectiva de aumentar o quadro, e 14% pretendem fazer cortes.

Para Fernando Mantovani, diretor geral da Robert Half, os sinais dúbios emitidos pelo cenário econômico brasileiro e mundial acabam causando incertezas que fazem o mercado "ir para os dois lados". "Há uma polarização muito ligada aos setores", diz. Para o consultor, empresas de serviços, infraestrutura, agronegócios e a cadeia automotiva são algumas das que puxam o aumento no volume de companhias com planos de expansão do quadro de funcionários. Já áreas como a cadeia de óleo e gás, bens de capital e mineração, por exemplo, enfrentam mais estagnação.
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar