Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT CONFIRMA QUE ´RECICLA´ CONTAS ANTIGAS DO OUTLOOK.COM E HOTMAIL

04/10/2013

Como o Yahoo, a Microsoft está reciclando contas de e-mail, sem mencionar nada em seus contratos de serviço para o Hotmail, Live ou Outlook.com.

A empresa comandada por Marissa Mayer recentemente reciclou contas não utilizadas e foi duramente criticada por essa política. A companhia tranquilizou os usuários, informando que medidas apropriadas foram implementadas para prevenir desastres de privacidade como roubo de identidade por meio de dados obtidos a partir do e-mail antigo.

A Microsoft, no entanto, há anos adotou uma política semelhante para reutilização de contas do Hotmail. Tal política foi extendida a outros serviços online da marca Microsoft, como o Live ID e o Outlook.com. A empresa confirmou a informação ao Webwereld, uma publicação holandesa do grupo IDG.

O Contrato de Serviços da Microsoft menciona que os usuários são obrigados a acessar suas contas "periodicamente, no mínimo a cada 270 dias, para manter os serviços com a marca Microsoft ativos". Caso contrário, "poderemos cancelar o seu acesso" e "os dados podem ser excluídos permanentemente de nossos servidores". 

No entanto, a gigante de Redmond não menciona a possibilidade de os nomes de usuário dos e-mails serem reciclados. Mas, a empresa confirma que é esta a política.

Quando a conta se torna inativa, "a conta de e-mail está automaticamente na fila para eliminação de nossos servidores. Então, depois de um total de 360 ​​dias, o nome da conta do e-mail é disponibilizado novamente", segundo uma declaração via e-mail da Microsoft.

Apesar das medidas preventivas, vários usuários do serviço de e-mail reportaram estar recebendo mensagens altamente confidenciais, destinadas aos ex-titulares das contas.

Recentemente, a Information Week relatou diversos casos de novos usuários do Yahoo que receberam e-mails endereçados aos antigos usuários da conta, incluindo e-mails de serviços Web, amigos e familiares.

A Webwereld verificou uma mensagem enviada por um usuário confuso e frustrado do Hotmail, que recebeu vários e-mails particulares dirigidos a um homônimo, que acabou por ser o ex-titular da conta. 

Tal ex-titular, não sendo informado pela Microsoft sobre a possibilidade e os riscos relacionados com a reciclagem de contas, está considerando apresentar uma queixa contra a Microsoft à agência de proteção de dados holandesa CBP.

Mike Rispoli, da Privacy International, uma organização sem fins lucrativos de privacidade com sede em Londres, disse que tal acusação poderia ser uma coisa boa, uma vez que aumentaria a conscientização sobre o assunto com as agências de protecção de dados.

"Quando o Yahoo anunciou isso, especialistas alertaram sobre isso e previram problemas de privacidade e de segurança graves. O Yahoo minimizou esses riscos e ignorou essas críticas, mas agora vemos que essas preocupações eram legítimas", disse Rispoli.

O mínimo que a Microsoft deveria fazer é informar claramente os seus usuários sobre a política de reuso de contas, disse Rispoli. "A Microsoft deve mencionar absolutamente esta política em seu contrato de serviço. Os usuários devem estar cientes disso."

A Privacy International é geralmente crítica com relação às políticas de reciclagem, em termos de como elas são implementadas e como são comunicadas. "Essas empresas fazem isso exclusivamente a partir de uma perspectiva de negócios, para aumentar a sua margem e atrair novos usuários, mas com desprezo por quaisquer implicações de privacidade e direitos do usuário", disse Rispoli. "Esta é um problema de confiança grave, e a confiança é quebrada."

O Google, por sua vez, confirmou à Webwereld que não recicla as contas não utilizadas. Os usuários podem apagar as suas contas, mas isso "não irá liberar o seu username. Uma vez que você excluir seu endereço do Gmail, você não será capaz de usar esse mesmo nome de usuário (username@gmail.com) no futuro", diz o Google em seu site.

Por sua vez, a Microsoft diz: "Ouvimos atentamente o feedback que recebemos dos clientes, e constantemente avaliamos como garantir que o Outlook.com seja o melhor serviço de e-mail disponível."
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar