Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ALERTA DE BUG: INSERIR IMAGENS EM MENSAGENS DO GMAIL PODE BLOQUEAR SUA CONTA

27/09/2013

Cuidado usuários do Gmail: inserir imagens no corpo de uma mensagem de e-mail pode fazer com que você seja temporariamente banido da sua conta.

O bug vem afetando usuários desavisados ​​do Gmail há meses, e aparentemente tem relação com a nova interface de composição de mensagem do e-mail. 

O Google introduziu o novo modo no final do ano passado e o tornou padrão para todo o mundo neste ano, dizendo que é mais rápido, mais simples e absolutamente melhor do que a velha interface básica HTML.

A gigante reconheceu o problema, mas não foi capaz de eliminá-lo.

O bug foi listado na página Gmail Known Issues (problemas conhecidos do Gmail, em tradução) e é foco de vários tópicos em fóruns de discussão no Google Groups, incluindo este mais longo, com mais de 250 mensagens.

"Estou com medo de continuar a usar o Gmail agora. Eu o usava para um monte de mensagens urgentes, tanto pessoais quanto para uma organização sem fins lucrativos em que trabalho em estreita colaboração. Eu não posso me dar ao luxo de ter minha conta bloqueada sem que seja por minha própria culpa e sim devido a um bug que o Google reconheceu, mas deixou sem solução por meses", escreveu um usuário afetado em meados de agosto, em uma conversa, ecoando a frustração de muitos outros.

Na página de problemas conhecidos do Gmail, o Google explica que o problema é acionado em determinados cenários que envolvem "imagens em linha" - ou seja, imagens inseridas no corpo das mensagens.

Por exemplo, ele atinge os usuários do Firefox que inserem imagens em mensagens ao compor ou responder a um e-mail. Ele também atinge usuários de qualquer navegador quando tentam fazer isso com imagens grandes. Outro gatilho é trabalhar "por muito tempo" em uma mensagem de rascunho que contém muitas imagens e anexos.

Não há detalhes sobre o quão grande precisa ser um arquivo inserido para desencadear o erro, nem o limite de tempo para a elaboração de uma mensagem com imagens e anexos.

Quando a falha é ativada, o Google bloqueia as pessoas da sua conta alegando "uso incomum" e dizendo que foi detectado "níveis anormalmente elevados de atividade". Pode levar até 24 horas para a gigante desativar o bloqueio e restaurar o acesso dos usuários afetados.

Para reduzir o risco de cair nessa armadilha, o Google recomenda que as pessoas usem "um navegador diferente do Firefox" ao compor um e-mail com imagens no corpo da mensagem. Também deve ser evitado o uso do método "arrastar e soltar" para inserir imagens grandes nas mensagens e, em vez disse é melhor adicioná-las como anexos, clicando no ícone de clipe de papel.

"Estamos trabalhando duro para resolver esta questão", diz a nota de apoio do Google.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar