Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FBI ADMITE QUE INVADIU A REDE TOR PARA QUEBRAR ANONIMATO DE USUÁRIOS

16/09/2013

Há um mês, surgiram relatos que a rede Tor – feita para se navegar anonimamente na internet – sofreu ataques de malware. Agora, o FBI disse a um tribunal irlandês que estava por trás da falcatrua. Mas não se preocupe, foi por uma boa causa!

O alvo do hack eram parceiros de Eric Eoin Marques, da Freedom Hosting. Ele está detido em Dublin (Irlanda) por seu envolvimento em uma grande operação de pornografia infantil.

Há algum tempo, a Freedom Hosting é suspeita de permitir pornografia infantil em seus servidores, mas a investigação deu uma guinada quando o FBI explorou uma brecha na versão modificada do Firefox que acompanha o pacote de navegação no Tor.

Em 4 de agosto, uma mensagem de erro começou a aparecer em todos os sites hospedados pela Freedom Hosting. Nela, um código oculto trazia uma tag iframe escondida e cheia de Javascript malicioso, incluindo um arquivo de programa chamado “Magneto”.

Com este código, era possível obter o endereço MAC do computador invadido, a fim de identificar o usuário. Só que o objetivo do Tor é manter o anonimato na internet. Os endereços IP por trás do código apontavam para servidores no norte da Virgínia (EUA), não muito longe da sede do FBI.

E o pior é que estas ações do FBI – assim como toda a espionagem da NSA – parecem estar totalmente dentro da lei. É apenas mais um caso de uma agência de espionagem fazendo o que ela foi feita para fazer: espionar. E os usuários inocentes do Tor que foram expostos? O FBI não comenta o caso.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar