Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PRESIDENTE DA SÍRIA ABRE CONTA NO INSTAGRAM

02/09/2013

Em meio à profunda crise que assola a Síria, o presidente do país, Bashar al-Assad, tomou uma decisão perturbadora: decidiu criar uma conta no aplicativo Instagram (insta
gram.com/syrianpresidency).

O app, como se sabe, é uma espécie de "coluna social" personalizada da internet. É onde boa parte dos usuários posta fotos das suas férias, viagens, restaurantes, baladas e "looks do dia".

Em meio a tudo isso agora é possível acompanhar o presidente sírio visitando soldados feridos no hospital. Sua mulher servindo sopa para refugiados.

Ou mais bizarro: um post recente condecorando dois estudantes que venceram uma olimpíada acadêmica de química na Rússia. Isso no exato momento em que o governo do país é acusado de ter lançado um ataque com armas químicas em seu próprio território.

A conta no Instagram é uma peça de propaganda que só funciona para o público internacional. A Síria é um dos países que mais censuram a internet no planeta, e acessar o aplicativo internamente é algo praticamente impossível.

Ao contrário, acessar a rede no país virou um pesadelo. O regime tem usado a internet para vigiar e perseguir dissidentes, a ponto de que enviar um e-mail sem proteção criptográfica pode significar risco de vida.

Há alguns dias um grupo chamado "Exército Eletrônico da Síria" (que nega ter relação com o governo) assumiu a autoria de um ataque que tirou do ar o site do "New York Times".

Por tudo isso soa bizarro que justamente o Instagram tenha sido escolhido como uma ferramenta de propaganda pelo regime. Mas, pensando bem, narcisismo é algo que combina com autoritarismo.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar