Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HACKERS TOMAM O CONTROLE E MODIFICAM PÁGINA DO GOOGLE PALESTINA

28/08/2013

Google Palestina hackeado
 
 
 
 

Uma equipe de hackers conseguiu invadir o Google Palestina ontem, cobrindo a página inicial do buscador com textos de protesto. “Tio Google,” escreveu Cold z3ro, Haml3t, Sas e Dr@g, “um oi da palestina para lembrá-los de que o país no google map não se chama israel. É Palestina.”

Mais abaixo a mensagem verdadeira vem à tona: “Questão # : o que aconteceria se nós mudássemos o título do país de Israel para Palestina no google maps !!! Seria uma revolução.” E então a coisa toda fica bem esquisita: “Então ouça rihanna e fique de boa :P”

A questão é, na real, interessante. O Google tem um domínio palestino desde 2009 que agora se chama “Google Palestina”, não “Google Território Palestino.” Mas no Maps, as fronteiras da Palestina estão lá, só que sem nome. Parece um tanto inconsistente o Google reconhecer a Palestina com sua própria versão do buscador, mas falhar em refletir isso no mapa. Também não ficou claro se os hackers querem que Israel inteiro seja Palestina ou apenas a área sem nome.

De qualquer forma, é impressionante como eles conseguiram tomar o controle da página inicial do Google. De acordo com o TechCrunch, é mais provável que eles tenha minado o domínio e o redirecionado, em vez de terem conseguido acessar os servidores do Google. A invasão não durou muito, porém; a página foi derrubada algumas horas depois de ter sido desfigurada.

Até o momento, o Google não se pronunciou e não há notícia de danos colaterais. Ao que tudo indica, foi apenas mais um protesto hacker inofensivo e sem vítimas. [TechCrunch]

Página hackeada do Google Palestina

 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar