Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROJETO DO KICKSTARTER É CANCELADO PORQUE CRIADOR GASTOU TODO O DINHEIRO

29/07/2013

e você estava pensando em doar algum dinheiro para ajudar Spike Lee a fazer mais um filme, talvez seja melhor pensar duas vezes: um cara arrecadou mais de US$ 120 mil para fazer um jogo, só que não entregou produto nenhum. Ao contrário do que prega a Economia do Crowdsourcing, desconhecidos nem sempre são confiáveis.

Erik Chevalier queria fazer um novo jogo de tabuleiro voltado para nerds:

Um jogo leve e Lovecraftiano de destruição urbana, para dois a quatro jogadores.

Você é um dos Grandes Anciões – seres de poder antigo e místico. Forças cósmicas prenderam você por incontáveis eras, mas finalmente as estrelas se alinharam e seu culto maníaco chamou você a este lugar. Depois de recuperar seus plenos poderes, você soltará a sua maldição sobre o mundo!

Divertido. Muitos geeks de jogos de tabuleiro inundaram Chevalier com dinheiro, superando sua meta inicial de US$ 35.000: o valor final ficou em US$ 122.874. Isso é um monte de dinheiro para criar um jogo de tabuleiro mas ei, parecia bacana, e tudo seria usado para uma boa finalidade.

Mas esta semana, Chevalier postou uma atualização dizendo que ele gastou todo o dinheiro. Ele não tem o bastante para terminar o projeto, e tudo foi cancelado. Mas e quem pagou pelo jogo?Provavelmente se ferrou:

Em resumo: o projeto acabou, o jogo foi cancelado.

Depois de muita deliberação, eu tive que tomar essa decisão. Eu informei Keith e Lee, e eles não estão nada contentes com essa situação. Todo possível erro foi cometido, alguns devido à minha inexperiência em criar jogos de tabuleiro, outros devido a conflitos de ego, questões jurídicas e complicações técnicas. Mas não importa o motivo: todos eles poderiam ter sido evitados por alguém mais experiente e eu, aparentemente, não era essa pessoa.

Desde o início, a intenção era lançar uma nova empresa de jogo de tabuleiro com os fundos do Kickstarter, e “The Doom that Came to Atlantic City” seria o primeiro de muitos projetos. Todos os envolvidos concordaram com isso. Desde então, surgiram falhas e cada erro agravou a crescente frustração, causando apenas mais problemas. Depois de pagar para formar a empresa, pelas estátuas em miniatura, voltar para Portland, obter licenças de software, e contratar artistas para fazer coisas como o design e arte do livro de regras, o dinheiro estava se aproximando de um ponto sem volta.Tínhamos que imprimir naquele momento ou nunca. Infelizmente, não isso não aconteceu por uma variedade de motivos.

Peraí, “voltar para Portland”? Por que isso faz parte das despesas do projeto? Quem o apoiou está perguntando a mesma coisa, e não gostou da ideia de que o seu dinheiro para um jogo de tabuleiro ajudou um cara a se mudar de cidade. E para onde foi o restante do dinheiro? Chevalier não explica em detalhes o que fez com os US$ 122.000. Ele apenas… sumiu. O dinheiro será restituído, mas não espere que ele chegue muito em breve:

Infelizmente, não posso dar qualquer tipo de cronograma para o reembolso, já que deixei meu emprego para fazer este projeto e agora preciso arranjar trabalho novamente. Eu vou criar uma conta bancária separada para colocar o que sobrar dos meus custos básicos de vida.

Entramos em contato com o Kickstarter para esclarecer que tipo de recurso esses jogadores ​​têm, mas parece eles terão que esperar por um reembolso da conta-poupança deste cara em algum momento do futuro. Ou eles podem processar na Justiça, o que já é discutido.

Esta não é a primeira vez que falta dinheiro a um projeto do Kickstarter, mesmo que ele tenha arrecadado mais que o previsto. A empresa Double Fine pediu US$ 400.000 em financiamento para criar o jogo “Broken Age”; no entanto, arrecadou quase 10 vezes mais. Foi uma das grandes histórias de sucesso em crowdfunding no ano passado.

No entanto, este mês Tim Schafer disse que o dinheiro acabou: para concluir o jogo, ele precisará arrecadar mais. A solução encontrada foi colocar a metade finalizada do jogo no Steam Early Access, onde ele seria vendido no início de 2014. Com o feedback e o dinheiro extra, eles terminariam o jogo até 2015.

É por isso que o Kickstarter deveria ter uma opção de fechar o recebimento de doações quando a campanha atingir o objetivo. Isso, e uma ajuda mais detalhada para elaborar o orçamento: por enquanto, o site só dá algumas recomendações vagas nesse sentido.

Tenha tudo isso em mente antes de doar US$ 30 na esperança de que talvez, algum dia, aquele dock legal para iPhone possa se tornar realidade.

 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar