Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VEJA COMO MARISSA MAYER ´RESSUSCITOU´ O YAHOO!

17/07/2013

Há um ano Marissa Mayer, então musa do Google, largava a gigante de buscas para se arriscar no Yahoo!. A tarefa não era fácil: o descrédito da marca no mercado, a baixa moral dos funcionários e o peso da vida pessoal – ela estava grávida de seu primeiro filho – eram grandes empecilhos. Mas, doze meses depois, é possível afirmar que ela desempenhou um bom papel.

O maior feito, segundo o Wall Street Journal, foi melhorar a reputação do Yahoo!. Atualmente, de acordo com o jornal, o Vale do Silício enxerga um caminho promissor à companhia, e seus funcionários já não sentem mais vergonha de trabalhar lá – percepções bastante diferentes dos anos anteriores.

Outra grande sacada foi usar o dinheiro arrecadado pelas companhias do grupo, como a varejista online Alibaba, para aquisições estratégicas. Neste período, Marissa comprou 16 startups, que agregaram tecnologia, conhecimento e funcionários ao Yahoo!.

Uma das aquisições mais comentadas foi a do Tumblr. A empresa fechou acordo para adquirir a plataforma em maio por US$ 1,1 bilhão e, a partir daí, passou a investir no serviço. Se por um lado, Marissa foi às compras, ela também eliminou divisões que traziam pouco retorno à companhia. No período, 12 serviços foram fechados pela presidente.

No primeiro ano de casa, Marissa ainda iniciou um dos principais projetos do Yahoo!: redesenho dos apps da companhia. O maior objetivo da executiva era transformar a empresa em uma organização móvel. Com isso, ela se focou em modernizar o acervo de aplicativos, que incluem o Yahoo Mail, Sportacular e o app geral do Yahoo!. Os resultados iniciais mostraram que Marissa está no caminho certo.

Uma pesquisa da Onavo Inc revelou que, em junho deste ano, 16% dos usuários de iPhone contavam com um app do Yahoo!, contra 8% no mesmo período do ano anterior. Ao incluir o Tumblr nesta conta, a porcentagem subia para 22%. Os números estão bem atrás dos concorrentes, como Google e Facebook, presentes em 69% e 80% dos aparelhos da Apple, mas, ainda assim, demonstram um belo aumento.

Na parte de liderança, Marissa conseguiu elevar o grau de satisfação dos funcionários. No índice da Glassdoor, o Yahoo! aparece com a maior pontuação dos últimos cinco anos, mesmo após a polêmica do trabalho remoto. A controversa decisão de encerrar o home office não foi suficiente para desmotivar os funcionários, que acabaram faturando outros mimos, como comidas grátis, novos smartphones e acessórios para prática de esportes.

Resultado trimestral

No geral, os resultados financeiros do Yahoo! tem sido bons, apesar de ainda não atenderem às expectativas de acionistas. Os números do segundo trimestre fiscal de 2013 apontam leve redução de receitas e alta nos lucros.

Durante os últimos três meses, que se encerraram em 30 de junho, a empresa faturou US$ 1,1 bilhão, o que representa uma queda de 7% em relação ao mesmo período do ano passado, e lucrou US$ 137 milhões, uma alta de 150% se comparado a 2012.

A empresa destacou quedas em receitas na área de publicidade da empresa, onde o valor caiu em 12% de um ano para o outro, e no setor de buscas, onde o valor arrecadado caiu em 9%. Como pontos positivos, a empresa destacou "a aceleração do ritmo de inovações", com o lançamento de novos produtos e serviços para diversas plataformas.

Os papéis da empresa, que fecharam o dia em uma baixa de 1,68% sofreram nova queda durante o after-market de cerca de 1,45%, sendo trocados a US$ 26,45. No entanto, durante o ano de estreia de Marissa, as ações da companhia aumentaram mais de 55%.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar