Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO PADRÃO UNE REDE ELÉTRICA, TELECOM E CONEXÕES SEM FIO

15/07/2013

 

O IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), órgão internacional que define os padrões de fabricação e utilização dos aparelhos ao redor do mundo, anunciou nesta quinta-feira a homologação do padrão 1905.1. Criado a partir da colaboração entre especialistas do setores eletrônico, telecom e informática, o novo padrão se propõe a integrar todos os modos de comunicação existentes atualmente, facilitando a chamada interoperabilidade entre os produtos.
"Este é o primeiro passo para consolidar as redes com e sem fio e torná-las compatíveis com as redes elétricas", disse o indiano Purva Rajkotia, presidente do grupo de trabalho criado dentro do IEEE para estudar o assunto. Segundo ele, o objetivo é que todos os aparelhos lançados comercialmente consigam se conectar a qualquer rede, independentemente de marcas e padrões de ligação, evitando os problemas - comuns hoje em dia - de falha nas redes quando o usuário troca de aparelho. "Ao adquirir um produto novo, o consumidor não terá de se preocupar com a questão da compatibilidade", explicou Rajkotia.
 
Uma das recomendações ao grupo foi trabalhar sobre os padrões hoje existentes, sem exigir que estes sejam abandonados. Assim, o IEEE 1905.1 está sendo construído sobre quatro plataformas já conhecidas: Wi-Fi, através da Wi-Fi Alliance (consórcio de empresas que adotam esse padrão de comunicação sem fio); Ethernet, tecnicamente conhecido como IEEE 802.3; coaxial, que utiliza cabos cuja última versão é chamada MoCA (Multimedia Over Coax Alliance); e elétrica. A solução seria criar, via software, uma "camada" de conexões sobre essas quatro: quando o sinal chega, o software identifica qual a melhor forma de direcioná-lo ao destinatário. "O software irá reconhecer todas as tecnologias utilizadas dentro de cada casa e atuar de acordo com cada uma delas", promete Rob Gelphman, vice-presidente da MoCA.
 
Comercialmente, o IEEE 1905.1 deverá ser batizado "nVoy", marca que todos os fabricantes deverão adotar em seus produtos para facilitar o reconhecimento por parte dos usuários. Ainda não há previsão de quando os primeiros aparelhos compatíveis chegarão ao mercado internacional.
 
 
 
Fonte: Revista HT

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar