Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

XBOX ONE GANHARÁ UPGRADE NAS ESPECIFICAÇÕES PARA COMPETIR COM PS4?

15/07/2013

Um rumor que está circulando em alguns portais internacionais de tecnologia sobre uma possível atualização no hardware do Xbox One está gerando bastante discussão em diversos fóruns de discussões.

Comenta-se nos bastidores que a Microsoft fará um upgrade em seu console, como forma de dar mais “poder de fogo”, e assim, torná-lo mais “competitivo” frente ao seu grande rival, o PlayStation 4.

Para quem não acompanhou de perto as notícias das especificações dos consoles, ambos os consoles possuem processadores acelerados customizadas da AMD com 8 núcleos, 8GB de memória e chip gráfico Radeon. Apesar da aparente igualdade, o PS4 conta com memórias do tipo GDDR5, contra DDR3 do Xbox One – as GDDR5 disponibilizam uma largura de banda bem superior as velhas DDR3. Além disso, enquanto que 7GB da RAM estão disponíveis para a GPU do console da Sony, o vídeo game da Microsoft possui apenas 5GB.


De acordo com o rumor, a Microsoft planeja aumentar a quantidade de memória para o seu console, aumentando de 8GB para 12GB. Trata-se de algo factível, visto que a própria companhia disponibilizou alguns kits de desenvolvimento do Xone com tal quantidade de RAM. Alguns especialistas acreditam que a empresa poderia otimizar o total de memória disponível para o chip gráfico, reduzindo o número de programas/processos rodando em segundo plano, como é o caso do Netflix ou Skype.

Do lado do chip gráfico, o Xbox One é equipado com uma GPU Bonaire com 768 Stream Processors @ 800Mhz e 16 ROPs, gerando uma taxa de 12,8GPixels/s e poder computacional de 1,23TFLOPS. Já o PS4 tem um chip gráfico bem mais robusto, um Pitcairn com 1152 Stream Processors @ 800Mhz e 32 ROPs, com o dobro da taxa de preenchimento de pixels que o seu rival – 25,6GPixels/s, e poder computacional de 1,84TFLOPS.

Ainda segundo o rumor, a saída encontrada pela Microsoft para melhorar um pouco mais o desempenho do processamento gráfico, está no aumento do clock da GPU. Contudo, a companhia tem de analisar os prós e os contras de turbinar o core. O principal fator negativo em se fazer o overclock está no aumento do consumo de energia, temperatura e dissipação de calor.
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar