Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LENOVO ASSUME A LIDERANÇA NO MERCADO MUNDIAL DE PCS

12/07/2013

De acordo com dados divulgados recentemente pelo IDC e pelo Gartner, a Lenovo assumiu a liderança no mercado mundial de PCs no segundo trimestre de 2013, com uma participação de 16,7%. Uma diferença pequena mas importante em relação à HP, segunda colocada com 16,3%, que tradicionalmente lidera o segmento. A Lenovo já havia conquistado a primeira posição em outubro de 2012, mas a HP retomou a liderança no trimestre seguinte.

Citando dados do IDC a Lenovo diz que no ano fiscal que se encerrou em 31 de Março de 2013 obteve crescimento acima do mercado pela 16ª vez consecutiva, liderando-o em três dos sete maiores mercados de PCs em todo o mundo (China, Japão e Alemanha) e com participação “na casa dos dois dígitos” em outros 39 países.

No topo do mundo

Yang Yuanqing, Chairman e CEO da Lenovo, está orgulhoso do resultado obtido pela empresa, mas admite que a disputa pela liderança no mercado de PCs é acirrada e que posições “certamente ainda podem se alternar”. “Estou totalmente confiante de que ainda há bastante espaço para um crescimento rentável e inovação revolucionária no mercado global de PCs”, disse ele.

Além de ganhar participação no mercado, Yuanqing disse que a empresa tem focado em aumentar sua rentabilidade ao mesmo tempo em que lança novos produtos no que caracteriza como “o mercado mais difícil na história dos PCs”.

“O mercado de PCs está mudando, mas ainda representa uma oportunidade de US$ 200 bilhões”, disse ele. “A Lenovo pode capturar mais dessa oportunidade do que nossos concorrentes, porque conquistamos um grande equilíbrio nos últimos quatro anos”.

Embora a Lenovo tenha a liderança no mercado de PCs, Yuanqing disse que o futuro vai além deles, no que a empresa chama de “era PC+”, que inclui tablets, smartphones, Smart TVs e dispositivos conectados.

"Ao continuar focando em nossa fórmula para o sucesso, tenho confiança de que poderemos continuar a obter crescimento sustentável em nosso principal negócio e obter o mesmo sucesso, ao longo do tempo, no mercado PC+, que cresce rapidamente”, disse ele.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar