Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CRISE ECONÔMICA AFETA VENDAS DE PCS QUE CAEM 11,4% MUNDIALMENTE

12/07/2013

Economia mundial fraca, falta de componentes, demanda lenta pelo Windows 8 e a popularidade contribuiram para outra queda de dois digitos no mercado global de PCs no segundo trimestre deste ano.

Os envios de PCs entre abril e junho de 2013 totalizaram 75,6 milhões de unidades, número 11,4% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado, segundo informações divulgadas nesta semana pela consultoria IDC.

Os números em questão incluem vendas de computadores desktop, laptop, mini-notebook e estações de trabalhos, e deixam de fora os tablets, como o iPad.

Se há alguma notícia boa nesses dados, é que a queda foi um pouco menos pior do que o declínio de 11,7% previsto inicialmente pela IDC, apesar disso não confortar muito os fabricantes de PC.

Todas as cinco principais empresas do ramo venderam menos PCs no mundo neste trimestre do que haviam feito nos mesmos três meses de 2012, apesar de algumas delas terem aumentado sua fatia de mercado em relação aos rivais.

Futuro

Olhando para o futuro, a IDC espera que a taxa de queda diminua, mas não prevê que as vendas aumentem até pelo menos 2015.

“Há muita coisa acontecendo”, afirmou o vice-presidente de rastreamento e pesquisa de PCs na IDC, Loren Loverde. “A crise econômica continua na Europa, está piorando na Ásia e não está fazendo muito progresso nos EUA.” 

Segundo ele, “a boa notícia é que os EUA melhoraram um pouco.

O mercado de PCs dos EUA viu uma queda de 1,9% no segundo trimestre – uma queda com certeza, mas melhor do que os declínios de dois dígitos registrados nos trimestres recentes. A maior disponibilidade do Windows 8 e a migração do Windows XP para o Windows 7 foram fatores que contribuíram para que essa queda fosse menor.

HP líder nos EUA

A HP continuou como a principal fabricante de PC nos EUA, apesar de sua vantagem para a segunda colocada Dell ter diminuído consideravelmente. O que havia sido uma liderança de mais de meio milhão de PCs há um ano encolheu para um número abaixo de 200 mil no segundo trimestre de 2013, à medida que a HP viu uma queda nos envios e a Dell foi a única a registrar aumento nesse quesito entre as cinco primeiras.

A HP encerrou o trimestre nos EUA com 4 milhões de unidades vendidas contra 3,8 miljões da Dell. Juntas, as empresas respondem por mais da metade dos 15,6 milhões de unidades enviadas no mercado norte-americano.

Lenovo supera HP em vendas no mundo

Globalmente, a Lenovo subiu para o topo do ranking de vendas de PCs. A HP havia liderado durante o mesmo período de 2012, mas a Lenovo conseguiu expandir suas vendas na região da Ásia Pacífico para aumentar seus envios para 12,6 milhões de unidades. Foi uma queda em relação ao ano anterior, mas um declínio muito menor do que o registrado por seus rivais.

Gartner também relata queda

A consultoria Gartner, concorrente da IDC, também informou seus números globais de PCs nesta semana, registrando uma queda de 10,9% nos envios em relação a 2012.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar